Infraestruturas Urbanas › 45510
código no paco
45510
área científica
Planeamento Regional e Urbano
créditos
6
escolaridade
ensino teórico-prático (TP) - 4 horas
idioma(s) de lecionação
Português
objectivos

Visão global das infraestruturas urbanas (conceitos gerais). Fundamentos sobre sistemas urbanos e a qualidade do meio urbano.

Hierarquia física e funcional da rede rodoviária urbana. Características e condicionantes técnicas que daí resultam.

Espaço público - Elementos constituintes e funções. Dimensionamento de arruamentos, estacionamento, passeios e ciclovias.

Elementos condicionantes e características do traçado em planta, perfil longitudinal e perfil transversal.

Breve abordagem à problemática dos cruzamentos urbanos.

Sensibilização para a integração no desenho de arruamentos de elementos diversos (esgotos e edifícios).

Águas residuais domésticas. Princípios e condicionantes técnicas de traçado e implantação (funcionamento e dimensionamento).

Abastecimento de água em áreas urbanas. Conceito e funções de captação, adução, distribuição, reserva e rede. Necessidades e formas de abastecimento. (funcionamento e dimensionamento).

Drenagem de águas pluviais em zonas urbanas. Bacias de drenagem e princípios de dimensionamento. (funcionamento e dimensionamento).

Relação entre os níveis de serviço instalados nas infraestruturas e a carga ocupacional existente ou potencial.

competências

Adquirir um conjunto de conhecimentos técnicos fundamentais relacionados com as infraestruturas urbanísticas necessárias à concretização de uma intervenção urbana. Percepção de sistemas de infraestruturas urbanas, nomeadamente drenagem de águas pluviais, abastecimento de água, recolha e tratamento de esgotos (funcionamento e princípios de dimensionamento).

Identificar, avaliar e caracterizar os aspectos técnicos que condicionam o traçado e implantação das infraestruturas urbanas (sem atingir o detalhe do projecto de execução).

Desenvolver uma primeira aproximação à concepção e dimensionamento dos arruamentos e praças urbanas, percepcionando dificuldades topográficas e proporcionado contacto directo com cartografia (traçado, perfil transversal e longitudinal).

conteúdos
(ver objectivos)
avaliação

Avaliação mista.

Compreende um momento de avaliação (M1) a realizar durante o período lectivo e um momento de avaliação a realizar por exame (E).

A classificação final (CF) é o valor arredondado às unidades dado pela fórmula:

CF = 0.5*M1 + 0.50*E

onde E é a classificação obtida na prova de avaliação realizada (exame) e M1 é a classificação obtida na prova de avaliação realizada no período lectivo (trabalho).

requisitos
Sem requisitos.
metodologia

A unidade curricular funciona com aulas teórico-práticas que compreendem a exposição das temáticas e o acompanhamento dos trabalhos propostos.

bibliografia recomendada

Apontamentos colocados à disposição dos alunos.

 

Bibliografia de base: 

AASHTO. American of State Highway and Transportation Officials. A Policy on Geometric Design of Highways and Streets. Washington, D.C.: AASHTO,1994.

Calmar el tráfico, Ministerio de Obras Públicas, Transportes y Medio Ambiente - Dirección General de Actuaciones Concertadas en las Ciudades, 1999. ISBN: 84-498-0180-X (Serie monografias)

Cruzamentos prioritários e de prioridade à direita, Ana Maria César Bastos Silva, Álvaro Jorge da Maia Seco. Universidade de Coimbra e Universidade do Porto.

Dimensionamento de rotundas, Ana Maria César Bastos Silva, Álvaro Jorge da Maia Seco. Universidade de Coimbra e Universidade do Porto.

El Espacio Público : Ciudad y Ciudadanía. Jordi Borja, Zaida Muxí. Electa, Barcelona.

Federal Highway Administration – course on bicycle and pedestrian transportation

Highway Capacity Manual: 2000 (HCM). Transportation Research Board.

Infra-Estrutura Urbana, Witold Zmitrowicz, Generoso De Angelis Neto. Escola Politécnica da USP. Departamento de Engenharia de Construção Civil.

La arquitectura del espacio público. Formas del pasado, formas del presente. Junta de Andalucia/Triennale di Milano, 1999.

Manual de Saneamento Básico MSB1 – Elementos Gerais, Direcção-Geral dos Recursos Naturais, Lisboa.

Manual de Saneamento Básico MSB2 – Abastecimento de Água e Esgoto, Direcção-Geral dos Recursos Naturais, Lisboa.

Normas de Traçado. JAE, 1994.

Princípios básicos de organização de redes viárias, Álvaro Jorge da Maia Seco, António José Pais Antunes, Américo Henrique Pires da Costa, Ana Maria Bastos Silva. Universidade de Coimbra e Universidade do Porto.

Regulamento Geral dos Sistemas Públicos e de Drenagem de Águas Residuais e Prediais de Distribuição de Água, 1995 

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização. saber mais
[X]