Eduardo Manuel Barroso Garcia da Silva nasceu em Lisboa, a 26 de janeiro de 1949.

Eduardo Barroso, nome pelo qual é conhecido profissionalmente, é licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e lidera o Centro Hepato-Bilio-Pancreático e Transplantação (CHBPT) do Hospital Curry Cabral, em Lisboa, referência mundial na área da transplantação hepática, que assinalou, no final de 2009, a realização de mil transplantes hepáticos. Por todo este trabalho desenvolvido em prol da Saúde em Portugal, a ministra Ana Jorge distinguiu, nessa ocasião, o cirurgião hepático com a Medalha de Ouro do Ministério da Saúde.

Em 2009, o Centro que lidera realizou 126 transplantes hepáticos, 250 ressecções hepáticas e 100 ressecções do pâncreas. Em 2010, a equipa já realizou 1120 transplantes de fígado e mais de 2500 transplantes renais (em cooperação com o Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa), que colocam a equipa liderada por Eduardo Barroso ao nível das melhores da Europa e do mundo. A equipa foi anteriormente dirigida por João Rodrigues Pena, atual diretor-geral da Autoridade para os Serviços de Sangue e da Transplantação, mestre de Eduardo Barroso na cirurgia de transplante hepático.

O seu trabalho foi também reconhecido pelo mais alto representante do Estado. Já em 2005, Eduardo Barroso tinha sido agraciado com o Grau de Grande Oficial da Ordem de Mérito pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio, e, em 2010, foi homenageado pelo atual Presidente, Aníbal Cavaco Silva. O reconhecimento pelo excecional trabalho nesta complexa área da Cirurgia de Transplantes não é apenas nacional. Em 2007, Eduardo Barroso tornara-se Membro de Honra da Associação Francesa de Cirurgia e, em 2009, recebera o «Honorary Disctinction Award», a «Distinção de Honra», pelos «Excecionais Contributos no campo das doenças hepática e da cirurgia hepática», durante o 19º Congresso Mundial da Associação Internacional de Cirurgiões, Gastrenterologistas e Oncologistas (IASGO) que decorreu em Beijing. Em 2010, a Academia Francesa de Cirurgia acolheu-o como membro. Neste mesmo ano, foi distinguido pela Associação Portuguesa de Paramiloidose com a Condecoração Professor Doutor Corino Andrade “Cientista”, por altos serviços prestados.

Para além de uma intensa atividade científica na área do Transplante Hepática e Metástases do Fígado que se tem traduzido, por exemplo, na elaboração de capítulos de livros, em numerosos convites para comunicações orais, na publicação de muitos artigos em revistas nacionais sujeitas a painel de júri e em várias outras publicações, é Professor Associado Convidado, desde 2005, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa. No entanto, já tinha experiência anterior como docente. Entre 1970 e 1972 foi Assistente da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Entre 1984 e 1985, esteve em Cambridge, Inglaterra, como Assistente de Cirurgia Clínica no Hospital de Addenbrooke. Em 2009, tornou-se membro do Comité Europeu de Cirurgia (Transplante) (FEBS).

Na sua atividade profissional destaca-se ainda o facto de ter sido Convidado de Honra das Jornadas de Cirurgia Hepato-Biliar, que decorreram no Hospital Paul Brousse, Paris, já em 2010, e de ser Membro, como representante português, do Comité Científico do LiverMetSurvey e Membro de Plano Direito da Associação Europeia de Cirurgia. Da sua atividade anterior, refira-se que desempenhou funções de Diretor-Geral da Alta Autoridade para os Serviços de Sangue e Transplantação do Ministério da Saúde Português (AAST). Foi Coordenador da equipa de formação para o relançamento do Programa de Transplantação do Uruguai (2008-2009) e Orientador de Estágios do Institut Hépato-Biliaire Henri Bismuth.

» Intervenção do Dr.Eduardo Manuel Barroso Garcia da Silva

última atualização a 17-03-2017
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.