Harold Kroto, professor na Universidade de Sussex, Inglaterra, iniciou a sua carreira académica nesta Universidade em 1967.

Em 1996, foi distinguido pela monarca inglesa com o título de Sir, pelas suas contribuições no domínio da Química. Neste mesmo ano, conjuntamente com Robert Curl e Richard Smalley, recebeu o Prémio Nobel da Química pela descoberta da molécula C60.

É Presidente da Veja Science Trust, fundação que produz filmes de divulgação científica para a televisão.

Harold Kroto tem o invulgar talento de bem comunicar em ciência e a rara capacidade de saber envolver com o seu entusiasmo quem o escuta.

Nas Ciências, coube ao Departamento de Química propor o Prof. Doutor Harold Kroto, para o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Aveiro com o claro sentido de apresentar a inovação na investigação como uma estratégia do futuro. O prémio Nobel da Química atribuído a este investigador e a sua capacidade de comunicação em ciência, são um emblema que se deseja levantar alto na Universidade de Aveiro.

Recebeu o grau de Doutor Honoris Causa na cerimónia comemorativa do 26º aniversário da Universidade de Aveiro, em 1999.

Em 2005 voltou à Universidade de Aveiro, a convite do Departamento de Química, para proferir uma palestra inserida no programa da nanoSMat 2005, sobre os últimos desenvolvimentos nas áreas de Nanomateriais e suas aplicações industriais.

Faleceu em 2016.

última atualização a 17-03-2017
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.