1919 – 2004

Nasceu no Porto, em 1919. Aos 25 anos, lançou a sua  primeira obra, Poesia, tendo já abandonado a Universidade de Lisboa, onde chegou a frequentar o curso de filosofia clássica. A partir daí, pode dizer-se que a sua obra se dispersou por várias vertentes nomeadamente a poesia, ficção, contos para crianças, o ensaio e a tradução.

Dias do Mar; Coral; No Tempo Divertido; O Nome das Coisas; Contos Exemplares; Histórias da Terra e do Mar são algumas das obras que deixou. Algumas das suas obras encontraram traduções em italiano e francês e são já numerosos os artigos escritos sobre a sua obra.

Sophia de Mello Breyner foi proposta à Universidade de Aveiro, pelo Departamento de Línguas e Culturas, para receber o título de Doutor Honoris Causa, por ser uma autora bem conhecida, não apenas de todos os estudiosos da literatura, mas também de um público numeroso e atento. A escolha passou, também, pelo reconhecimento da importância da poesia neste mundo conturbado em que vivemos, podendo a escritora ser a ponte necessária entre os vários saberes.

Sofia de Mello Breyner Andresen recebeu o título de Doutor Honoris Causa na cerimónia comemorativa dos 25 anos da Universidade de Aveiro, em dezembro de 1998.

última atualização a 17-03-2017
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.