António Damásio nasceu em 1944 e iniciou a sua atividade científica na Faculdade de medicina da Universidade de Lisboa.

Está radicado nos Estados Unidos desde 1975, onde é diretor do Departamento de Neurologia da Universidade de Iowa e Professor Adjunto da Salk Institute na Califórnia.

É hoje uma das grandes referências da atualidade internacional no campo da investigação de problemas críticos da Neurociência da Mente e do Comportamento Humano.

A partir de 1977, António Damásio desenvolveu inúmeros trabalhos de investigação, sobretudo direcionados para o estudo da Neurociência da Mente e do Comportamento, se bem que as sua investigações se tenham alargado ao estudo das doenças de Alzheimer e de Parkinson.

O seu trabalho quebrou definitivamente a dicotomia entre o corpo e a mente e anulou a distância entre muitas ciências, demonstrando que a compreensão dos sistemas cerebrais, da cognição e do comportamento só podem ser atingidos integrando factos e teorias relacionados com todos os níveis de organização, desde o sistema nervoso, às moléculas, às células e circuitos, até ao meio social.

É autor de duas obras de grande destaque internacional: O Erro de Descartes (1994) e O Sentimento de Si (1999).

Por proposta da Secção Autónoma de Ciências da Saúde aos órgãos competentes da UA, o Professor António Damásio foi homenageado com o título de Doutor Honoris Causa , durante o 30º Aniversário da Universidade de Aveiro, em dezembro de 2003.

última atualização a 17-03-2017
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.