estudo do percurso socioprofissional dos diplomados ua

Ser capaz de, regularmente, monitorizar a empregabilidade das suas diversas ofertas formativas é uma arma importante para qualquer instituição de ensino superior antecipar potenciais problemas de atratividade dos seus cursos e gerir a sua relevância. Ciente dessa importância, a Universidade de Aveiro (UA) tem vindo a dedicar uma atenção particular a esta questão, nomeadamente através da criação do Observatório do Percurso Socioprofissional dos Diplomados da Universidade de Aveiro.

Em rigor, a atuação do Observatório insere-se numa agenda bastante mais ampla de ligação da UA aos seus Alumni, que não se esgota na mera medição da sua empregabilidade recente. Em qualquer caso, os resultados do(s) Estudo(s) sobre a Empregabilidade dos Diplomados da UA constituem, por esta altura, a face mais visível da ação do Observatório.

Existem neste momento dados recolhidos – já tratados e divulgados ou em preparação – relativos aos coortes de diplomados: i) no triénio de 2008/09 a 2010/11 (para todos os níveis de ensino, incluindo CETs); e ii) no triénio de 2011/12 a 2013/14 (para licenciaturas, mestrados e doutoramentos). Os dados dizem respeito à situação no emprego desses diplomados, respetivamente, em 2012 e 2015 (para o primeiro coorte) e em 2015 (para o segundo). O(s) estudo(s) procuram assim construir uma imagem longitudinal – de percurso - da situação no emprego nos diplomados da UA. Os dados recolhidos retratam, nomeadamente, a situação no 1º emprego, 12 meses após a conclusão do curso e no momento do próprio inquérito (no máximo até três anos após a conclusão do respetivo curso). O mesmo coorte é ainda inquirido três anos depois numa perspetiva de “follow-up”. A figura seguinte evidencia a natureza e o detalhe dos dados recolhidos. Resumidamente, além de uma caracterização detalhada dos empregos e da própria entidade empregadora, foi igualmente recolhida informação relativa à caracterização de situações de desemprego, à adequação das competências dos diplomados relativamente às exigências da sua função e à adequação do emprego à área de formação. Procurou-se ainda que os diplomados fizessem uma avaliação mais genérica da sua experiência de ensino na UA além de ter sido recolhida informação relativamente a eventuais episódios de formação após a sua saída da instituição.


(clique para visualizar a imagem)


Parte dos dados recolhidos foram já tratados e divulgados a um conjunto de stakeholders internos relevantes através, nomeadamente, do portal dos Indicadores da UA. A maioria dos indicadores estão disponíveis ao nível do curso, podendo ser agregados por área de estudos, ciclo de ensino e subsistema (politécnico e universitário). Encontra-se também disponível um primeiro relatório de divulgação alargada dos resultados do primeiro destes estudos (relativo à situação no emprego em 2012 do coorte de 2008/9-2010/11) A empregabilidade dos diplomados pela Universidade de Aveiro: resultados do estudo sobre o triénio 2008/09 a 2010/11 (.pdf). A informação atualmente disponível (ao nível dos micro-dados) vai contudo para além dos dados já entretanto divulgados. Embora não sendo de divulgação livre, esses dados encontram-se disponíveis para que a comunidade da UA – em estreita articulação com o Observatório – os possa utilizar, quer para fins de gestão interna, quer para fins de investigação. Os interessados poderão contactar o observatório através do seguinte email: gaa@ua.pt.

última atualização a 27-06-2016
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.