FELISBELA BERNARDO LIDERA CASCI. FOI ELEITA POR UNANIMIDADE E TOMOU POSSE ONTEM

Edição de: sexta, Março 27, 2015


O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) tem uma nova Presidente, desde 26 de Março. Eleita por unanimidade, no dia 19 de Março, pela Assembleia Geral de Sócios, Felisbela Bernardo presidirá agora "à maior Instituição Particular de Solidariedade Social, a nível nacional". A tomada de posse, que teve lugar no dia 26 de Março, foi presidida pelo Presidente da Assembleia Geral cessante, Artur Aguiar que, felicitou os agora empossados e desejou um mandato capaz de corresponder aos problemas sociais do Concelho, destacando a tarefa relevante que o CASCI tem assumido no Concelho de Ílhavo. Por fim elogiou o trabalho desenvolvido pela equipa cessante, liderada por Mafalda Cunha. Em nome da Administração agora eleita, a nova Presidente frisou a importância do trabalho desta instituição e dos que a constituem. “Nesta casa todos somos poucos para corresponder aos problemas sociais com que nos confrontamos. Cada dia há trabalho para realizar e certamente todo o apoio será necessário para ajudarmos a diminuir as desigualdades sociais e para cooperarmos com o bem-estar dos nossos utentes”. A nova presidente mostrou-se ainda aberta ao diálogo: “Reafirmo que sou uma pessoa de diálogo, que procura os consensos e que gosta de ver toda a gente envolvida afincadamente em projetos de qualidade, e de grande exigência”. Com mais de 30 anos de história, a instituição "é uma referência" no Concelho de Ílhavo, "actuando nas Respostas Sociais da Infância, Reabilitação, Acolhimento e Ação Social".



FELISBELA BERNARDO ASSUME A LIDERANÇA DO CASCI.

Edição de: sexta, Março 27, 2015


Felisbela Bernardo assume a liderança do CASCI. A professora que deixou em 2014 o sistema de ensino enfrenta agora um novo desafio com liderança de uma das maiores instituições sociais na Região de Aveiro e que movimenta um orçamento de perto de 5 milhão de euros e 220 funcionários. Artur Aguiar lidera a Assembleia-Geral e Eduardo Rosa Novo o Conselho Fiscal. Felisbela Bernardo em declarações ao programa “Conversas” no final de 2014 falava de uma paixão pelo ensino e um estilo de rigor que gosta de cultivar. “Trabalhei em Setúbal e Grândola e quando ia de autocarro chegava sempre antes meia hora ou uma hora porque não consigo chegar em cima da hora. Nisso não sou nada portuguesa porque os portugueses é em cima da hora e mais um minuto. Gosto de cumprir. Tenho relógio para chegar mas nunca tenho relógio para sair”.



NEM A CHUVA LHES BAIXOU A "FEBRE" DO CARNAVAL

Edição de: terça, Fevereio 17, 2015


O CASCI de Ílhavo marcou para as 14.30 horas de ontem o início do seu Desfile de Carnaval. Estava tudo a postos, mas a chuva insistiu e foi necessário accionar o Plano B. Em vez dos grupos desfilarem pelas ruas da cidade, reuniram-se no Pavilhão Municipal Capitão Adriano Nordeste e fizeram a festa acontecer. E nem a chuva conseguiu arrefecer o ânimo destes foliões. As bancadas encheram-se de público e os grupos desfilaram cheios de alegria e espírito folião. Participaram colaboradores e clientes das várias respostas sociais, desde a infância até à terceira-idade, com especial destaque para a deficiência e incapacidade, este ano subordinado ao tema "Danças do mundo".




UTENTES DO CASCI DESFILAM PELAS RUAS E EXIBEM-SE EM ESPETÁCULO NO PAVILHÃO

Edição de: segunda, Fevereio 16, 2015


O CASCI promove esta segunda o tradicional desfile de carnaval, onde participam colaboradores e clientes das várias respostas sociais, desde a infância até à terceira idade, com especial destaque para a deficiência e incapacidade. O desfile é subordinado ao tema "danças do mundo". Começa às 14h30, saindo pelas ruas do centro de Ílhavo, terminando com um espetáculo no pavilhão, onde as várias respostas irão apresentar um número subordinado ao tema do desfile.



ESCOLÍADAS PARA IDOSOS MOBILIZAM CENTROS DE DIA

Edição de: terça, Janeiro 27, 2015


Idosos dos centros de dia e estruturas residenciais para idosos do município de Ílhavo preparam espetáculo artístico aberto à comunidade. Trata-se de uma iniciativa ao jeito das Escolíadas mas adaptada à população mais idosa. Ideia desenvolvida por alunos do Curso Técnico de Animador Sociocultural da Escola Profissional de Aveiro. As alunas finalistas e estagiárias da CMI, Lara Ferreira e Mónica Santos, desenvolvem uma Prova de Aptidão Profissional “ Idolíadas – a arte na 3ª idade” com os clientes seniores semiautónomos em resposta social de centro de dia e estrutura residencial (lar), de quatro instituições. Participam o Centro Comunitário da Gafanha do Carmo, Centro Social e Paroquial N. Sra. da Nazaré, Centro de Ação Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) e Lar de S. José. O objetivo final do projeto consiste na apresentação de um espetáculo com provas artísticas de teatro, dança, canto, pintura e costura. A prova de cultura geral, com 8 perguntas de escolha múltipla, relacionadas com temas de história e geografia de Portugal, adivinhas e provérbios portugueses, envolvem todas as instituições. Semanalmente, à 3ª feira as alunas deslocam-se às instituições e acompanham o desenvolvimento da preparação das provas. O espetáculo realizar-se-á a 25 de abril de 2015, no Centro Cultural da Gafanha da Nazaré, com entrada livre.




CASCI ABRIU INSCRIÇÕES PARA FORMAÇÃO PROFISSIONAL E É RECONHECIDO COMO 'ÉS+'

Edição de: quinta, Janeiro 22, 2015


O Centro de Reabilitação Profissional do CASCI abriu inscrições para Cursos de Formação Profissional em várias áreas. Vão começar em Março, "destinando-se a pessoas com incapacidade". Os Cursos são financiados pelo Fundo Social Europeu ao abrigo do POPH. Ontem representantes do CASCI estiveram na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, para assistirem à apresentação do estudo "Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social em Portugal", desenvolvido pelo IES - Social Business School e pelo IPAV - Instituto Padre António Vieira, com o financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian, da Fundação EDP e do Programa Operacional de Competitividade - Compete. O projeto pretende "sinalizar e divulgar as iniciativas de elevado potencial de empreendedorismo social, contribuindo para o crescimento e competitividade de um novo mercado de inovação e empreendedorismo social nacional". No âmbito deste estudo, o CASCI alcançou uma distinção, tendo o 'Centro de Emprego Protegido do CASCI' sido reconhecido como uma iniciativa 'ES+' "pelo seu alcance e importância na área do empreendedorismo social". O Centro de Emprego Protegido (CEP), a funcionar desde 1988 no Centro de Reabilitação Profissional, é financiado pelo IEFP. Tem em funcionamento actualmente cinco unidades produtivas onde estão integrados, como colaboradores, 42 jovens e adultos com deficiência e incapacidade, distribuídos pelas várias áreas produtivas, (agropecuária, serração, carpintaria, serviços gerais, lavandaria e costura, agroalimentar e olaria), comercializando os seus produtos e serviços a particulares e empresas.



“TAMPINHA AMIGA” PODE ESTAR EM RISCO

Edição de: sábado, Janeiro 10, 2015


Projecto de Joana Pontes, iniciado em 2006, enfrenta novo desafio.

Joana Pontes, a ilhavense que, desde 2006, tem ajudado várias instituições de solidariedade social entregou, ontem, mais uma “remessa” de material ortopédico, desta feita no valor de cerca de 5.000 euros, que vai beneficiar três instituições do município: Lar de S. José, Centro de Acção Social do Concelho de Ilhavo (CASCI), e ao Centro Social Paroquial N.ª Sr.ª da Nazaré. Apesar da felicidade mostrada por mais esta conquista, ontem, a entrega teve uma maior carga emocional para a promotora do projecto “Tampinha Amiga”, uma vez que uma nova regra imposta pela empresa a quem são entregues as tampinhas poder vir a colocar em causa a continuidade do projecto. Garantindo que “não vamos desistir já”, com alguma emoção, Joana Pontes anunciou que “a partir de agora, por cada tonelada de tampas, a empresa que as recebe quer também meia tonelada de plástico.




JOANA PONTES ENTREGA AJUDAS TÉCNICAS DE PROJETO DE RECOLHA DE TAMPINHAS

Edição de: sexta, Janeiro 9, 2015


Joana Pontes entrega esta sexta ajudas técnicas a instituições do concelho de Ílhavo. É o resultado de mais uma ação no âmbito da campanha de recolha de tampinhas. Da recolha de tampas surgem donativos que foram decisivos na aquisição de material. Lar S. José, CASCI e Centro Social Paroquial Nossa Senhora da Nazaré recebem as ajudas numa cerimónia marcada para as 18h na Biblioteca Municipal de Ílhavo.




CERIMÓNIA DE ENTREGA DE MATERIAL ORTOPÉDICO DA CAMPANHA 'TAMPINHA AMIGA' REALIZA-SE ESTA SEXTA-FEIRA

Edição de: quinta, Janeiro 8, 2015


Vai decorrer amanhã (18h00), na Biblioteca Municipal de Ílhavo, a cerimónia de entrega de material ortopédico ao Lar de São José, ao CASCI e ao Centro Social Paroquial N.ª Sr.ª da Nazaré, pela jovem Joana Pontes. Este projeto foi criado por Joana Pontes que, por iniciativa própria e na qualidade de sócia da Associação Tampa Amiga, pensou num projeto que viesse a beneficiar diretamente as Instituições de Solidariedade Social do Município de Ílhavo. Esta iniciativa deu os seus frutos quando, em Janeiro de 2008, Joana Pontes, após a recolha de cinco toneladas de tampas para reciclar, conseguiu assegurar a entrega de duas cadeiras de rodas. O último carregamento de tampas, cerca 5.380 kg, decorreu no passado dia 6 de Novembro. Até ao momento foram entregues mais de 42 toneladas de tampinhas, tendo a primeira entrega decorrido há seis anos. Desde então, beneficiaram desta campanha o CASCI, a Fundação Prior Sardo, a Santa Casa da Misericórdia de Ílhavo, o Lar de S. José, o Lar de N.ª S.ª da Nazaré, o Lar da Gafanha do Carmo e duas Escolas (uma da Gafanha da Nazaré e outra da Gafanha do Carmo).



SENIORES DO MUNICÍPIO PARTICIPAM EM BAILE REAL

Edição de: quarta, Janeiro 7, 2015


Evento visa assinalar o segundo aniversário do Fórum da Maior Idade, que, hoje, ganha mais dois parceiros: o Lar de S. José e o CASCI.

Para assinalar esta data, a Câmara de Ílhavo convidou os clientes dos lares e centros de dia do município para um Baile Real, a ter início pelas 15 horas, no Fórum Municipal da Maior Idade.



FÓRUM MUNICIPAL DA MAIOR IDADE ASSINALA SEGUNDO ANIVERSÁRIO

Edição de: segunda, Janeiro 5, 2015


O Fórum Municipal da Maior Idade (Ílhavo) assinala na próxima quarta-feira o segundo aniversário. Para assinalar a data, a Câmara Municipal de Ílhavo convidou os 'clientes' das Estruturas Residenciais para Idosos e Centros de Dia, assim como aos utentes dos Espaços Maior Idade, para um Baile Real, "numa alusão à grande proximidade dos Reis", que terá lugar entre as 15h00 e as 17h00, no Fórum Municipal da Maior Idade. Este equipamento municipal "tem-se afirmado como um espaço de encontro, convívio, aprendizagem e partilha". Ao longo deste seu segundo ano de existência "foi dinamizado um trabalho de parceria na realização de diversas atividades pelas várias Instituições envolvidas, nomeadamente a Câmara Municipal de Ílhavo, a Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré, a Obra da Providência, o Centro Social Paroquial Nossa Senhora da Nazaré, a Fundação Prior Sardo, a Santa Casa da Misericórdia de Ílhavo, a Associação de Pais e Amigos das Crianças da Gafanha da Encarnação, a Associação de Solidariedade Social da Gafanha do Carmo e a Associação Aquém Renasce". O número de utilizadores em 2014 (cerca de 40 utilizadores diários), participaram em atividades como Sessões do Movimento Maior e Espaços Maioridade, Espaço Sénior da Obra da Providência e Espaço Convívio da Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré. Para as 18h00 do mesmo dia, está reservada a assinatura da adenda ao Protocolo de criação e dinamização do Fórum Municipal da Maior Idade, através da associação de mais dois parceiros, o Património dos Pobres da Freguesia de Ílhavo (Lar de São José) e o CASCI – Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo.




CASCI APRESENTA NOVOS PROJECTOS EM DIA DE FESTA

Edição de: quinta, Novembro 20, 2014


No dia em que comemora 34 anos, a instituição apresenta o seu cartão de sócio e o presépio solidário 2014.

O CASCI (Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo) celebra, amanhã, 34 anos de existência. Em dia de aniversário, a instituição realiza um jantar convívio, onde colaboradores, clien­tes, amigos e entidades parceiras celebram a sua história, aproveitando a oportunidade para apresentar à comunidade os seus novos projectos, como é o caso do cartão de associado do CASCI.



CASCI CANDIDATA JARDIM DOS SENTIDOS À EDIÇÃO DESTE ANO DA MISSÃO SORRISO

Edição de: segunda, Novembro 17, 2014


O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) candidatou o Jardim dos Sentidos à edição deste ano da Missão Sorriso. Trata-se de "encontrar soluções para a construção de um jardim sensorial" na Estrutura Residencial para Idosos. Mafalda Cunha, directora geral do CASCI, espera que a população vote no projecto salientando que "pode ser importante" na vida dos utentes da instituição. "Esse projecto promove a inter-geracionalidade, utilizando os 'sentidos' humanos. Esse circuito de manutenção permite a mobilidade e o desenvolvimento de outros sentidos do corpo humano. Pessoas de várias gerações podem desenvolver capacidades individuais numa inter-acção determinante", disse na Terra Nova.




GRANDE ALUVIÃO DA UA RENDE 3 TONELADAS DE ALIMENTOS

Edição de: quinta, Outubro 16, 2014


A chuva e o vento que se abateram ontem sobre a cidade de Aveiro não impediram o Grande Aluvião da UA de recolher três toneladas de alimentos.


Apesar do mau tempo ter cancelado algumas das iniciativas previstas, a solidariedade manteve-se na forma de pacotes de leite, enlatados, massas e cereais entre os caloiros da Universidade de Aveiro (UA) para serem entregues a duas instituições de solidariedade social. No dia em que a tradição académica da UA manda reunir todos os alunos para uma grande praxe coletiva, entre cantorias, brincadeiras e o ‘baptismo’ dos novos alunos com água da Ria e sal, este gesto solidário vai dar uma grande ajuda à Cáritas Diocesana de Aveiro e ao CASCI.




MINIGOLFE DA COSTA NOVA E CASCI ESTABELECEM PARCERIA

Edição de: quinta, Agosto 7, 2014


O Minigolfe da Costa Nova e o CASCI (Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo) celebraram, há dias, um acordo de parceria, na sequência de uma política consolidada de responsabilidade social.


CORRIDA SOLIDÁRIA BOSCH DOA 62,5 MIL EUROS A INSTITUIÇÕES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL.

Edição de: Aveiro 2014-07-03 15:04:35

A corrida "mais solidária de Portugal" realizada no passado dia 29 de Junho, em Ílhavo e Aveiro, conseguiu reunir mais de 2.800 pessoas. O montante 'doado' irá apoiar cinco instituições que apoiam crianças em situação de risco e precariedade. As cidades de Aveiro e Ílhavo voltaram a receber a Corrida Solidária Bosch, organizada pela Bosch em parceria com as Câmaras Municipais de Aveiro e Ílhavo, a Universidade de Aveiro e a Associação Industrial do Distrito de Aveiro, a iniciativa contou, nas duas edições anteriores, com mais de 3.000 participantes, e entregou cerca de 90.000 mil euros a instituições locais e nacionais. Este ano, a Corrida Solidária Bosch teve o dobro de participantes e doou cerca de 15 mil euros a mais do que em 2013.


CASCI REALIZA SEMANA ABERTA

Edição de: Ilhavo 2014-06-23 11:22:04

O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) vai levar a cabo, de hoje até sexta-feira, a XV Semana Aberta. Este ano será subordinada ao tema “Temos o Rumo, Escolhemos o Caminho”. "São dias para dar a conhecer o trabalho realizado na área da reabilitação" no CASCI. A inauguração está marcada para hoje às 14h30, no Centro de Reabilitação Profissional, na Colónia Agrícola, na Gafanha da Nazaré.


CORRIDA SOLIDÁRIA ENTRE AVEIRO E ÍLHAVO QUER ULTRAPASSAR OS 3 MIL PARTICIPANTES.

Edição de: Aveiro 2014-06-04 15:15:00

Aveiro e Ílhavo voltam a juntar esforços em mais uma corrida solidária com a chancela da Bosch. Prova marcada para dia 29 de junho, a partir das 9h00, com o valor das inscrições e parcerias a reverter na totalidade para instituições de solidariedade social. 

O valor angariado através do apoio de parceiros e das inscrições é totalmente revertido a favor de cinco instituições, uma de âmbito nacional (Ajuda de Berço) e quatro instituições locais (Centro de Emergência Infantil da Cáritas de Aveiro, Centro de Ação Social do Concelho de Ílhavo, Associação Humanitária Mão Amiga de Albergaria-a-Velha) e ainda o fundo de apoio a alunos da Universidade de Aveiro com necessidades especiais.


Ílhavo: CASCI prepara lançamento de cursos de formação.

Edição de: Terça, Janeiro 28, 2014

O Centro de Reabilitação Profissional do CASCI prepara a abertura de inscrições para os cursos de formação direcionados para pessoas com incapacidade.

A formação arranca em Março e destina-se a pessoas com incapacidade, sendo cofinanciada pelo Fundo Social Europeu, ao abrigo do Programa Operacional de Potencial Humano.

Entretanto, durante o mês de Fevereiro, em data ainda a confirmar, um grupo de teatro levará a cabo a representação de uma peça, cuja bilheteira irá reverter para o CASCI. Mais uma iniciativa para tentar angariar fundos.


Ílhavo: CASCI faz balanço às campanhas solidárias de Natal.

Edição de: Quarta, Janeiro 15, 2014

O CASCI faz balanço às campanhas solidárias de Natal. A campanha de solidariedade Natal Solidário 2014 levada a cabo pelo Centro Comunitário angariou bens suficientes para fazer 140 cabazes de natal, distribuídos posteriormente por igual número de famílias em situação de maior fragilidade económica.

“O sucesso desta campanha deve-se à significativa adesão da comunidade, com especial destaque para a participação de particulares, dos estabelecimentos comerciais e industriais locais e dos seus clientes e colaboradores que muito se envolveram”, sublinha a instituição.

Também a exposição de árvores de natal recicladas nas estruturas residenciais para idosos, a presença do CASCI com os produtos das suas unidades produtivas no mercado municipal de Ílhavo, no posto de turismo de Ílhavo, onde também esteve patente a exposição Presépio solidário, e no espaço “Aveiro Montra” do Aveiro Retail Park durante o passado mês de Dezembro se revelaram um sucesso, contribuindo para a divulgação das suas respostas sociais e produtos, elaborados por jovens e adultos com deficiência e incapacidade, mas também para um aumento das suas vendas nesta época natalícia, comparativamente ao ano passado.

Em jeito de balanço, a diretora geral do CASCI, Ana Mafalda Cunha, destaca a generosidade da comunidade, “nomeadamente a dos clientes e colaboradores dos estabelecimentos comerciais e industriais, que, mesmo num momento de crise, mostraram a sua capacidade de mobilização em prol dos outros, bem como a maior sensibilidade e apetência dos consumidores locais para comprar os produtos elaborados nas unidades produtivas do CASCI, nomeadamente na olaria, carpintaria e costura, reconhecendo-lhes qualidade e preços competitivos”.


Ílhavo: CASCI mostra árvores de natal recicladas e presépio solidário.

Edição de: Quarta, Dezembro 04, 2013

O CASCI tem patente ao público a 1ª exposição de árvores de natal recicladas. Mostra que está patente nas estruturas residenciais para idosos do CASCI até ao próximo dia 7 de Janeiro. Esta mostra tem como objetivo primordial, dar visibilidade às boas práticas ambientais que a instituição partilha, através da decoração dos jardins dos espaços residenciais.

As Árvores de Natal foram elaboradas pelos utentes e colaboradoras das diversas respostas sociais, com materiais predominantemente reciclados, associando a criatividade e a originalidade ao propósito de sensibilizar a comunidade em geral, para as questões ambientais.

O Natal é também momento para a apresentação pública do presépio solidário 2013. Esse momento acontece na sexta (6), no posto de turismo de Ílhavo, às 18 horas, estando exposto para venda até ao dia 6 de Janeiro.

Na lista de atividades destaque ainda para a presença do CASCI no espaço Aveiro Montra, do retail park, nos fins de semana de Dezembro, entre as 14 e as 19 horas, com exposição e venda dos produtos e alguns ateliês abertos ao público.


CASCI lança campanha de angariação de alimentos

Edição de: Quarta, Novembro 27, 2013

O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) presta atendimento, aproximadamente, a 1.000 pessoas, provenientes do município, mas também de Aveiro e Vagos, tendo ao seu serviço cerca de 230 colaboradores. Esta organização trabalha na área da infância e terceira idade, passando pela deficiência e pessoas em situação de desfavorecimento socioeconómico. Neste âmbito, presta apoio a aproximadamente 263 famílias sinalizadas das freguesias de S. Salvador e Gafanha da Encarnação.

Atento às necessidades da comunidade, o CASCI lança a campanha “Natal Solidário 2013”, dinamizando uma recolha de bens alimentares não perecíveis para o recheio dos cabazes de Natal destinados a estas famílias carenciadas. A doação de alimentos pode ser efectuada no Centro Comunitário ou em qualquer outra resposta social do CASCI.

CASCI desenvolve campanha de Natal.

Edição de: Segunda, Novembro 25, 2013

O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) está a desenvolver uma campanha 'Natal Solidário 2013', com o intuito de angariar bens alimentares "para o recheio dos cabazes de Natal, acção que tem como objectivo aliviar as dificuldades que as famílias mais desfavorecidas têm vindo crescentemente a sentir, proporcionando assim um Natal mais feliz aos que mais precisam", pode ler-se num comunicado de imprensa.

A doação de alimentos poderá ser efectuada no Centro Comunitário...

Festival do Bacalhau entrega 6.000 euros ao CASCI

Edição de: Quinta, Setembro 12, 2013

À semelhança do que tem vindo a acontecer em edições anteriores, as associações participantes no Festival do Bacalhau escolheram o CASCI (Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo) para atribuírem uma parte das suas receitas. Numa cerimónia que decorreu no passado dia 4, na Câmara Municipal de Ílhavo, as associações procederam à entrega dos respectivos donativos, perfazendo um total de seis mil euros.

Ílhavo: CASCI continua a lutar pela recuperação das estufas destruídas pelo mau tempo.

Edição de: Quinta, Junho 24, 2013

O CASCI continua a lutar pela normalização das instalações e pela ajuda financeira para recuperar as instalações das estufas destruídas pelo mau tempo de Janeiro. Helena Santos, vice-presidente da direção do CASCI, aproveitou a abertura da Semana Aberta para explicar que há processos ainda em aberto que é necessário concretizar para fazer a vida regressar ao normal.

“O temporal causou-nos prejuízos enormes. Estamos a tentar recuperar. Uma parte do investimento vai ser financiado mas foi um golpe grande que nos destruiu as estufas e impede de produzir. Está a ser complicado em termos económicos”.

O vice-presidente da Câmara de Ílhavo esteve na cerimónia para garantir apoio e admitir que nem sempre a relação tem corrido da melhor forma.

“Da nossa parte seguramente terá aquilo que o CASCI necessita tendo consciência que em algumas situações as coisas não têm corrido da melhor maneira. Mas não é por isso que a câmara tem deixado de dar apoios pontuais sempre que são solicitados. Continuará a apoiar sempre o CASCI na medida do possível”.

A XIV Semana Aberta é subordinada ao tema “Crescemos com o que fazemos”. No dia 25 haverá ateliês “sabores doces” e “faça uma horta na sua varanda”, no dia 26 haverá “manhã desportiva”, no dia 27 há cerimónia de entrega de certificados da Formação Profissional, dia 28 seminário “Inclusão Profissional e Qualidade de Vida”.

Ílhavo: CASCI inicia esta segunda-feira a XIV Semana Aberta.

Edição de: Quinta, Junho 24, 2013

O CASCI inicia esta segunda-feira a XIV Semana Aberta. Este ano, subordinada ao tema “Crescemos com o que fazemos”. A aposta do Centro de Ação Social do Concelho de Ílhavo visa dar a conhecer o trabalho realizado na área da reabilitação no CASCI, promovendo ao mesmo tempo a partilha de saberes e experiências para a construção de uma sociedade mais inclusiva.

A inauguração está marcada para as 14h30 no centro de reabilitação profissional, na Colónia Agrícola.

Na terça (25) haverá ateliês “sabores doces” e “faça uma horta na sua varanda”. No dia 26 haverá “manhã desportiva”, no dia 27 há cerimónia de entrega de certificados da Formação Profissional, dia 28 seminário “Inclusão Profissional e Qualidade de Vida”. Neste dia é apresentado o estudo “Eficácia organizacional e qualidade de vida da população com deficiência (Universidade do Minho)”.

CASCI promove mais uma Semana Aberta

Edição de: Sexta, Junho 21, 2013

O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) vai promover, entre os dias 24 e 28, a sua XIV Semana Aberta. Este ano, o evento é subordinado ao tema “Crescemos com o que fazemos”. Com esta iniciativa, a instituição ilhavense pretende dar a conhecer “o trabalho realizado na área da reabilitação, promovendo ao mesmo tempo a partilha de saberes e experiências para a construção de uma sociedade mais inclusiva”.

A inauguração desta XIV Semana Aberta está marcada para as 14.40 horas do dia 24, com a abertura da Exposição dos Espantatugas. No dia 25, decorrerão alguns ateliês, seguindo-se, no dia 26, uma manhã desportiva e o atelier “Mão no barro e pincel na tinta”.

Para o dia 27, está agendada a cerimónia de entrega de certificados da formação profissional. No último dia, a 28, decorrerá o seminário “Inclusão Profissional e Qualidade de Vida”. Este encontro compreenderá a apresentação do estudo “Eficácia organizacional e qualidade de vida da população com deficiência”, da autoria de Carlos Veloso da Veiga (coordenador), Carlos Alberto Silva, Ivo Domingues, José Manuel Saragoça e Luísa Martins Fernandes, da Universidade do Minho.

Ílhavo: CASCI promove Semana Aberta e anuncia seminário sobre “Inclusão Profissional e Qualidade de Vida”.

Edição de: Quarta, Junho 19, 2013

O CASCI vai levar a cabo a XIV Semana Aberta. Este ano, de 24 a 28 de Junho, a semana será subordinada ao tema “Crescemos com o que fazemos”.

A aposta do Centro de Ação Social do Concelho de Ílhavo visa dar a conhecer o trabalho realizado na área da reabilitação no CASCI, “promovendo a partilha de saberes e experiências para a construção de uma sociedade mais inclusiva”.

A inauguração está marcada para as 14h30, de segunda-feira, no centro de reabilitação profissional, na Colónia Agrícola.

No dia 25 haverá ateliês “sabores doces” e “faça uma horta na sua varanda”.

No dia 26 haverá “manhã desportiva”, no dia 27 há cerimónia de entrega de certificados da Formação Profissional e, dia 28, seminário “Inclusão Profissional e Qualidade de Vida”.

Ílhavo: Jornadas do CASCI agendadas para dia 13 de Abril.

Edição de: Domingo, Março 03, 2013

O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo já definiu a data das “I Jornadas do CASCI – Habilitar para Incluir". Inicialmente previsto para dia 19 de Janeiro de 2013 este encontro vai decorrer no dia 13 de Abril. Adiamento devido às falhas no fornecimento de eletricidade, decorrentes do temporal que assolou o País. Os trabalhos vão decorrer no auditório do Museu Marítimo de Ílhavo.

Ílhavo: CASCI prepara lançamento de cinco cursos de formação profissional.

Edição de: Quarta, Fevereiro 27, 2013

O CASCI prepara-se para iniciar, em Abril, cinco cursos de formação profissional. São cursos em carpintaria, doçaria, engomadoria e costura, jardinagem e limpeza e manutenção de espaços. Agora é tempo de inscrições para pessoas com idade superior a 16 ou 18 anos, deficiência e incapacidade e em situação de emprego. Os formandos terão direito a bolsas de estudo, subsídios de alimentação e transporte e também a certificado de formação profissional. São cursos cofinanciados pelo Fundo Social Europeu, ao abrigo do Programa Operacional Potencial Humano.

CASCI espera dinheiro do Estado para recuperar estufas destruídas pelo mau tempo.

Edição de: Sexta, Fevereiro 08, 2013

O O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) continua à espera de uma resposta do Ministério da Agricultura, para fazer face aos prejuízos causados pelo temporal dos dias 19 e 20 de Janeiro.

As estruturas atingidas "com muita violência, pelo vento", não foram recuperadas. As estufas "ainda não estão a funcionar". Por agora estão a cultivar ao ar livre para poder fornecer diariamente as cozinhas da instituição.

Miguel Vaz salienta a importância de garantir esse apoio do Estado. "Cinco das oito estruturas ficaram completamente destruídas, já acionamos mecanismos no Ministério da Agricultura, já lá foram fazer um levantamento, acredito que serão disponibilizadas verbas para recuperar as estufas", disse na Terra Nova.

Na próxima segunda-feira o Carnaval do CASCI sai à rua. Momento para tentar mostrar "criatividade na execução de fatos", sublinhou Margarida Morais...

CASCI procura apoios para pagar estragos causados pelo mau tempo.

Edição de: Segunda, Janeiro 28, 2013

O O CASCI está à espera de ajuda governamental para compensar os prejuízos causados pelo temporal da última semana.

As estufas na zona da Senhora dos Campos foram atingidas e "os estragos prejudicam muito a produção agrícola". Para a Direção do Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo este "é um momento negativo".

Miguel Vaz confirma que já pediu ajuda a organismos do Estado. "Servimos todos os dias cerca de 600 refeições na instituição, são refeições acompanhadas de hortícolas, neste momento essa solução está esgotada", disse.

"Já fizemos uma exposição na Direção Regional de Agricultura e Pescas, já foi acionado o mecanismo para a obtenção de apoios, espero que o parecer seja positivo". O CASCI continua à procura de ajuda para suportar encargos resultantes dos prejuízos provocados pelo mau tempo.

Utentes do CASCI criam lembranças natalícias

Edição de: Sábado, Novembro 17, 2012

O Feitas por pessoas especiais só podiam ser especiais. Presépios, caixinhas e cabazes hortícolas são apenas alguns dos produtos disponíveis para venda. Os grandes destaques vão para um presépio em cerâmica e caixinhas de madeira. Trata-se, segundo explica Helena Santos, da Direção da instituição, das “caixinhas ‘Aromas da Quinta’, que podem, depois, ser recheadas com o que o comprador entender, ou com pequenos pacotes de biscoitos, bacalhauzinhos ou palheiros em cerâmica, também feitos aqui”.

Os preços destas peças variam entre os 3,50 euros (as caixinhas vazias) e os 25 euros (o presépio). Outras ideias de presentes neste Natal podem ser os cabazes com produtos hortícolas ou as floreiras de varanda, com ervas aromáticas. Todos estes produtos podem ser adquiridos nas instalações que o CASCI dispõe na Colónia Agrícola da Gafanha da Nazaré.

Instituições recebem material resultante das tampinhas

Edição de: Terça, Novembro 13, 2012

No âmbito do projeto “Vamos pôr esta Ideia a Andar”, foram, recentemente, entregues mais de 4,2 toneladas de tampas, que reverterão em ajudas técnicas para instituições do município de Ílhavo.

Será no próximo dia 21, pelas 18.30 horas, na Biblioteca Municipal de Ílhavo, que o material ortopédico será distribuído pelas seguintes instituições: Lar de S. José (em Ílhavo), CASCI (Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo), Bombeiros de Ílhavo, CERCIAV (Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Aveiro) e Lar de N.a Sr.a da Nazaré (na Gafanha da Nazaré).

RTP - Emprego protegido

Edição de: Sábado, Julho 07, 2012  -  (ver 2ªparte min. 3:30 e min 21:30)

Centro de Acção Social em Ílhavo emprega 40 pessoas com deficiência.


Dez jovens do CASCI concluem formação profissional

Edição de: Sábado, Julho 07, 2012

Reabilitação - Quinta do CASCI, na Colónia Agrícola, onde estiveram presentes, para além dos colaboradores e clientes deste centro e de elementos da administração do CASCI, representantes do Centro de Emprego de Aveiro e das empresas receptoras dos formandos finalistas.

Pai dá vida às paredes da Creche do CASCI

Edição de: Quinta, Julho 05, 2012

Silva resolveu aceitar o convite do CASCI para embelezar o espaço frequentado pelos mais pequenos.

CASCI abre Cantina Social esta semana em Ílhavo

               Edição de: Segunda, Junho 18, 2012


O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI) terá, a partir desta semana, uma Cantina Social. Esta nova resposta surge na sequência de um protocolo celebrado ao abrigo do Programa de Emergência Alimentar e irá funcionar em rede com as restantes instituições de solidariedade do concelho.

Por dia, a Cantina Social, que constitui uma resposta de emergência a famílias com maiores dificuldades financeiras, deverá servir um total de cerca de 65 refeições.

Segundo avançou ao Diário de Aveiro Mafalda Cunha, do CASCI, este novo apoio às pessoas com maiores carências, que é comparticipado pela Segurança Social, estará centralizado na sede da instituição, em Ílhavo, aproveitando os recursos já existentes. As refeições serão confeccionadas na cozinha do CASCI, que já fornece todos os centros da instituição, e serão aí entregues às famílias que vierem a ser beneficiárias deste apoio.

Faina Académica mete mãos à obra no CASCI

Edição de: Quinta, Junho 14, 2012

Uma das salas do Centro de Ação Social do Concelho de Ílhavo (CASCI), na Colónia Agrícola da Gafanha da Nazaré, ficou como nova depois da passagem da Salgadíssima Trindade, do Conselho do Salgado.

Um dia na vida do CASCI

Edição de: 2010


CASCI 30 anos de Solidariedade ativa

Edição de: Quarta, Novembro 10, 2010



CASCI abre período para renovações de matricula nos Infantários.

Edição de: Quarta, Abril 14, 2010

Abre amanhã e prolonga-se até 15 de Junho o período para renovações de matrícula bem como as inscrições para Creche e Jardim-de-infância, nos Infantários pertencentes ao Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo. São os espaços do CASCI que funcionam em Ílhavo, Costa Nova e Barra.

CASCI propõe Ana Mafalda Cunha para Diretora-geral da instituição.

Edição de: Quinta, Março 18, 2010

Seis milhões de euros de orçamento anual, 300 funcionários e cerca de 900 utentes tornam o CASCI a maior IPSS nacional. Hoje à noite, realiza-se uma Assembleia Geral onde serão alterados os estatutos da instituição. Uma direção profissional liderada por Ana Mafalda Cunha será votada em assembleia.

Senos da Fonseca, atual presidente da direção, diz ser essencial para o futuro da IPSS alterar a forma de gestão: “Passará a haver uma estrutura profissional que vai chefiada por uma Direcção-Geral. Há uma mudança estrutural. Hoje vai ser nomeada a nova diretora-geral do CASCI. Vamos propor Ana Mafalda Cunha para assumir esse cargo. Esta é uma transformação que as outras instituições, mais tarde ou mais cedo, terão de fazer. A complexidade de instituições desta dimensão, implica que as coisas sejam feitas dentro de uma determinada organização profissional”.

A Assembleia Geral do CASCI reúne, esta noite, às 21 horas, na sede da instituição, em Ílhavo.

CASCI disponível para acolher 10 crianças do Haiti.

Edição de: Quarta, Janeiro 22, 2010

O Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo está disponível para receber 10 crianças haitianas, vítimas do sismo, enquanto durar a recuperação do país. A instituição liderada por Senos da Fonseca assume esse propósito e já deu conta da disponibilidade ao Governo Civil e ao Ministério dos Negócios Estrangeiros. “Esta é a nossa proposta de ajuda, aos que se encontram sem família ou recursos de qualquer espécie”, adianta o CASCI em comunicado.

Apesar das dificuldades para comunicar esta oferta às autoridades Haitianas, a direção do Centro de Acção Social diz que “finalmente foi encontrado um canal correto (Governo Civil, MNE, ISS).

CASCI promove festa de Natal no Centro Cultural de Ílhavo.

Edição de: Sexta, Dezembro 11, 2009

O CASCI promove a festa de Natal de todas as valências. O acontecimento terá lugar no Centro Cultural de Ílhavo. Destaca que para momentos como canção mimada «Gosto de Ti”, “O Palhaço Mágico», a «Noite de Luz», a «Fábrica de Brinquedos», o teatro «Um Amigo do Natal» e a atuação do palhaço «Faísca». O convívio começa às 18h00 no CCI.

Casci alarga ajuda a mais famílias carenciadas.

Edição de: Quarta, Dezembro 9, 2009

O CASCI disponibiliza-se para ajudar mais famílias carenciadas do concelho de Ílhavo, graças à recolha de géneros e roupas que aumentou este ano, permitindo, assim alargar essa ajuda. Atualmente o CASCI ajuda 200 famílias carenciadas.

A instituição informa desta disponibilidade para dar géneros e roupas às famílias mais necessitadas, bastando para isso contactar a valência «ILHAVO SOCIAL. Natal 2009».

CASCI enfrenta dificuldade para contratar técnicos especializados.

Edição de: Quinta, Dezembro 3, 2009

O Casci comemora 29 anos de existência e de trabalho junto dos deficientes e idosos do município de Ílhavo. No Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, o convidado do Expresso da Manhã foi Senos da Fonseca, diretor do CASCI, que considera que a instituição é a maior do País, com mais de 900 utentes e 300 funcionários. “Globalmente, no somatório de todas as valências, é a maior instituição do país. É de uma dimensão extraordinária. Movimentamos um orçamento de 6 milhões de euros”, adianta Senos da Fonseca.

Nos últimos meses, e apesar de tanto se falar em crise, o CASCI tem enfrentado problemas para conseguir contratar funcionários. Senos da Fonseca diz não entender, até porque o CASCI paga acima da média. “Precisamos, regularmente, de técnicos especializados em área complicadas mas o Instituto de Emprego não consegue arranjar trabalhadores com esses perfis”, sublinha Senos da Fonseca, diretor do CASCI, em entrevista ao programa Expresso da Manhã.

CASCI celebra os 29 anos de actividade ao jantar.

Edição de: Sábado, Novembro 28, 2009

O CASCI celebra os 29 anos de atividade no concelho de Ílhavo. Promove um jantar comemorativo nas instalações do Centro de Acção Social na Costa-Nova. Haverá lugar para uma evocação da Fundadora da Instituição já falecida, Maria José Senos, agora que passam dois anos do seu desaparecimento.

última atualização a 12-01-2016
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.