Indexação de Revistas

As bases de indexação funcionam como bibliotecas eletrónicas organizadoras de conteúdos científicos (revistas, artigos, livros, atas, patentes, etc.), possibilitando, numa primeira instância, a pesquisa mais ou menos criteriosa de informação desta natureza. Associados às bases, temos diferentes indicadores bibliométricos, que nos permitem comparar publicações entre si e indicam sobre qualidade, visibilidade, relevância, etc.

Base de indexação/pesquisa Indicador análise bibliométrica Pesquisa de revistas
SCOPUS SJR - SCImago Journal Rank Todas as áreas | ver
Área Educação (2017) | ver
Área E-Learning (2017) | ver
WEB OF SCIENCE InCites Journal Citation Report Todas as áreas | ver
Área Education & Educational Research | ver
Área Education - Scientific Disciplines | ver
Área Special Education | ver
QUALIS (CAPES) Plataforma Sucupira Pesquisa geral de revistas ver


Mais informações:

Guião de publicação CIDTFF »»»

Biblioteca da UA »»»

 

COMO SABER SE UMA REVISTA É NACIONAL OU INTERNACIONAL?

(a) Quando uma revista tem um corpo editorial maioritariamente internacional (+50%) deverá ser considerada uma revista internacional, independentemente de estar sediada em Portugal ou não.

(b) Uma vez que a FCT não possui uma listagem de revistas com a respetiva catalogação como nacional ou internacional, poderão ser adotados os critérios definidos por bases de dados, como é caso da Scielo, que define como um dos critérios para a internacionalização das revistas o seguinte:

“Os periódicos indexados pelo SciELO devem maximizar a internacionalização do corpo de editores. A partir de janeiro de 2016, os periódicos indexados no SciELO devem atender às porcentagens mínimas esperadas e recomendadas de editores associados ativos com afiliação institucional no exterior, segundo a área temática e para a coleção toda, conforme a distribuição da Tabela 1.”

Estas percentagens variam por área científica. Por exemplo, para as CSH a percentagem mínima é de 15% e a recomendada é 25% (http://www.scielo.br/avaliacao/20141003NovosCriterios_SciELO_Brasil.pdf, pág. 11).

última atualização a 29-11-2018
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.