CIDTFF

Objeto de estudo

Processos de educação em contextos formais, não formais e informais, abrangendo as suas condições nacionais e transnacionais de regulação, as circunstâncias em que ocorrem e os espaços comunicacionais em que se constroem. De acordo com as perspetivas de aprendizagem ao longo da vida (ALV), educação integrada e inclusiva, este objeto exige abordagens multidisciplinares, colaborativas, em redes nacionais e internacionais, suscetíveis de se constituírem como oportunidades de sustentabilidade da investigação e de promoção de uma ciência cidadã.

 

Objetivos

Desenvolver investigação sobre problemáticas educacionais significativas para os atores e sistemas, visando a sustentabilidade da investigação.

- Analisar a implementação de políticas educativas (inter/nacionais) e contribuir para a sua definição (diretrizes, quadros de referência, instrumentos).

- Desenvolver propostas inovadoras orientadas para o desenvolvimento de multiliteracias/ competências transversais em diferentes níveis (do pré-escolar ao ensino superior, incluindo formação avançada e aprendizagem ao longo da vida) e contextos (escolar, académico, profissional, de mobilidade).

- Desenhar, implementar e avaliar programas e mecanismos para a supervisão, formação e desenvolvimento humano e profissional de atores e organizações.

- Reforçar o desenvolvimento de conhecimento/recursos no âmbito de metodologias de investigação qualitativa, analisando o seu papel na construção de conhecimento.

 

Eixos Temáticos

- Educação para o desenvolvimento de comunidades e sociedades sustentáveis.

- Educação e multiliteracias para o desenvolvimento de cidadãos críticos.

- Qualidade e avaliação da educação, formação e investigação.

 

Equipa e dinâmicas de investigação


a nossa equipa

O CIDTFF conta com uma equipa diversificada de investigadores, organizada em 3 grupos de investigação: Grupo de investigação 1:  Linguagens, Discursos e Identidades;Grupo de investigação 2: Ciência, Tecnologia e Inovação e Grupo de investigação 3: Políticas, Avaliação e Qualidade.

Alguns destes investigadores desenvolvem o seu trabalho num (ou mais) dos oito laboratórios do CIDTFF, que funcionam como estruturas de articulação entre as atividades de formação e investigação e a sociedade, numa perspetiva de Ciência Aberta.

O Centro beneficia, ainda, de ambientes internacionais de investigação (parcerias em contextos europeu, ibero-americano e CPLP; redes, projetos, mobilidade, eventos científicos e de formação) que permitem aos jovens investigadores o desenvolvimento de percursos formativos de elevada qualidade.

O programa de iniciação científica de jovens estudantes foi lançado em 2017 em parceria com o Departamento de Educação e Psicologia (UA) e tem por objetivos principais criar contextos favoráveis à articulação entre formação e investigação na área da Educação e estimular o interesse científico dos jovens estudantes, nestes promovendo competências de investigação. O programa está atualmente a funcionar com estudantes da Licenciatura em Educação Básica: PIC-LEB.

 

última atualização a 28-09-2018
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.