mestrado engenharia electrónica e telecomunicações, especialização em sistemas de informação – 2ª edição

O projecto consiste em organizar e leccionar a 2ª Edição do “Mestrado em Electrónica e Telecomunicações, Especialização em Sistemas de Informação” na República de Cabo Verde, já existente na Universidade de Aveiro (UA) desde 1995, da Responsabilidade do Departamento de Electrónica, Telecomunicações e Informática (DETI), orientar e efectuar provas públicas de dissertações, conferindo o grau de mestre pela UA, com certificação por uma carta magistral aos candidatos que completarem com êxito este percurso académico. Aos candidatos que apenas completarem com sucesso a parte curricular, a UA atribuirá um diploma, de acordo com o regulamento do mestrado. Na medida do possível procurar integrar docentes cabo-verdianos na leccionação.

No que se refere a equipamento, o projecto baseia, na sua quase totalidade, as suas necessidade no aproveitamento da infra-estrutura (equipamento e software) já existente na Universidade de Cabo Verde, em resultado das acções iniciadas em 2007, a 1ª edição do “Mestrado em Electrónica e Telecomunicações, Especialização em Sistemas de Informação” e do “Mestrado de Matemática Aplicada às Engenharias”. Visa-se assim, optimizar a utilização dos meios já existentes na instituição, reforçando-os com aqueles que, no decurso da acção se venham a mostrar essenciais para a melhoria da performance de docentes e discentes.

O equipamento instalado no decurso da primeira edição do Mestrado permitiu elevar o nível tecnológico da instituição parceira, integrante da UCV – o Instituto Superior de Educação – capacitando-a para futuras acções sem quaisquer constrangimentos técnicos.


Parceiros
IPAD - Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento, Universidade de Cabo Verde e Universidade de Aveiro

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.