curso › Nanociências e Nanotecnologia (lecionado em inglês)
objetivos

A Nanociência e Nanotecnologia (N&N) é um domínio emergente que visa a compreensão, o controlo e a manipulação da matéria a uma escala compreendida entre 1 e 100 nm, à qual se observam fenómenos físico-químicos e biológicos únicos, que podem ser explorados em novas aplicações. Trata-se de um domínio do conhecimento que engloba diferentes abordagens que na maioria dos casos se complementam, pelo que é importante a implementação de estudos avançados que integrem diferentes disciplinas tradicionalmente leccionadas em planos curriculares distintos.

Na Universidade de Aveiro, a investigação em N&N está, no momento, organizada em diferentes unidades de investigação que atravessam, pelo menos, quatro Departamentos: Engenharia Cerâmica e do Vidro, Física, Engenharia Mecânica e Química. Embora nem todos os investigadores trabalhem no domínio N&N, muitos destes investigadores têm actividades centradas ou próximas deste. Globalmente, as unidades de investigação enquadradoras deste programa doutoral, integram mais de 120 docentes, 18 investigadores a tempo inteiro, 64 pós-doutorados, 86 doutorandos, doutoraram mais de 80 alunos e possuem um parque instrumental único no País. Estes indicadores, entre outros, mostram claramente que a Universidade de Aveiro está numa posição excelente para investigar e formar ao nível dos três ciclos do Ensino Superior em N&N, nomeadamente no que concerne à síntese, propriedades e aplicações de nanomateriais. A presente proposta de programa doutoral permitirá estruturar ainda melhor a investigação e o ensino avançado em N&N na Universidade de Aveiro, estimulando a colaboração e beneficiando da óbvia complementaridade das suas unidades de investigação.

Informação sobre as áreas de investigação em curso na Universidade de Aveiro, enquadradoras deste doutoramento, pode ser encontrada em:

http://www.ciceco.ua.pt


http://www.i3n.org


http://www.ua.pt/tema/

O Programa Doutoral em Nanociências e Nanotecnologia encontra-se estruturado em duas fases com os seguintes objetivos: 

Fase 1: O aluno insere-se no 3º ciclo de estudos em N&N através da parte curricular do programa doutoral em N&N. 

Os objetivos nesta fase são: 

  • Consolidação de conhecimentos em N&N com ênfase na área científica em que o aluno pretende desenvolver os estudos. 
  • Aquisição de conhecimentos e competências (estendidas até à fronteira do conhecimento) nas áreas de N&N em que o aluno pretende desenvolver os estudos de 3º ciclo, incluindo a variedade de técnicas experimentais avançadas e técnicas matemáticas e/ou computacionais aplicáveis à investigação atual em Física, Química, Ciência e Engenharia de Materiais e Engenharia Mecânica. 
  • Desenvolvimento da capacidade de lidar com problemas de natureza complexa, de estabelecer novas abordagens e de utilizar, de forma autónoma e em contextos diferenciados, técnicas experimentais avançadas aprendidas anteriormente. 
  • Desenvolvimento da capacidade de comunicar conceitos científicos complexos e conclusões retiradas de experiências de forma concisa, precisa e clara, para diferentes tipos de audiência e com recurso às tecnologias adequadas. 
  • Desenvolvimento da capacidade de procurar e recolher, de forma independente e autónoma, na literatura científica e técnica, a informação relevante para a sua investigação ou trabalho de tese. 
  • Potenciar competências de trabalho autónomo e em equipa interdisciplinar e de análise e discussão das consequências socioeconómicas, culturais e éticas de novos desenvolvimentos na área das N&N, integrando-as no seu trabalho científico. 

Fase 2: Os alunos admitidos podem prosseguir o programa doutoral em N&N para atividadesconducentes à elaboração de uma tese de doutoramento. 

Os objetivos desta fase são: 

  • Proporcionar um ambiente científico estimulante que facilite o enquadramento dos alunos emprojetos de investigação de qualidade orientando-os num tópico de investigação em N&N. 
  • Adquirir competências relevantes (de acordo com os padrões internacionais) num domínio específico de investigação que suportem a defesa de uma tese original em N&N. 
  • Promover a publicação de artigos científicos em jornais internacionais da especialidade com arbitragem científica, bem como a apresentação dos resultados de investigação em conferências da especialidade (nacionais e internacionais). 
  • Desenvolver competências autónomas de planeamento e execução de um plano de investigação em N&N.

Destinatários: Licenciados e/ou Mestrados em Cursos pré-Bolonha e Mestrados em Cursos de Bolonha das seguintes áreas: Física, Engenharia Física, Química, Bioquímica, Biotecnologia, Engenharia Química, Engenharia de Materiais, Materiais e Dispositivos Biomédicos, Engenharia Mecânica, e outras áreas afins.

Comissão Científica
Prof. Doutor Tito Trindade (Director)
Prof. Doutora Teresa Monteiro (Vice-Directora)
Doutora Paula Alexandrina Marques
Prof. Doutora Maria Elisabete J. V. Costa

O Programa Doutoral em Nanociências e Nanotecnologia tem a honra de contar com a colaboração de uma comissão externa de aconselhamento, de que fazem parte docentes/investigadores de reputação científica internacional:

Comissão Externa
Prof. Doutor João Pedro Estrela Rodrigues Conde (Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa)
Prof. Doutor Luís Manuel Liz-Marzan (Departamento de Química Física y Unidad Asociada CSIC da Universidade de Vigo)
Prof. Doutor Mário Adolfo Monteiro da Rocha Barbosa (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto)

Docentes
Ver docentes do:
Departamento de Engenharia Cerâmica e Vidro
Departamento de Engenharia Mecânica
Departamento de Física
Departamento de Química

Condições de acesso:
Titulares do grau de mestre ou equivalente legal; titulares do grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica do Programa Doutoral; candidatos detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica do Programa Doutoral.

A área de formação exigível aos candidatos deve ser de uma das áreas científicas do programa doutoral em N&N da Universidade de Aveiro e/ou que para o efeito tenha sido considerada adequada pela Comissão Científica do Programa Doutoral.

Informação complementar:

Despacho n.º 8832/2011

a informação disponibilizada nesta página não dispensa consulta à página de acesso ao ensino superior
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.