curso › Sistemas Energéticos e Alterações Climáticas
objetivos

Objetivos gerais:

Proporcionar os conhecimentos, as técnicas e a visão sistémica necessários à produção de contributos cientificamente relevantes envolvendo a conceção, a análise, o projeto, o controlo e a operação de sistemas que suportam fluxos de energia, materiais e informação, nomeadamente no que respeita a processos de transporte, conversão e utilização de energia, tendo em consideração a disponibilidade de recursos naturais e a sua relação com as alterações climáticas, nomeadamente o estudo da sua mitigação e os fatores de resiliência para a adaptação às alterações climáticas. Como característica principal deste Programa Doutoral salienta-se a sua interdisciplinaridade, integrando áreas de engenharia e ambiente com as de economia e gestão, proporcionando uma análise dos sistemas energéticos numa ótica do desenvolvimento sustentável e integrando fatores de mitigação e adaptação às alterações climáticas. É ainda objetivo do Programa Doutoral a capacitação progressiva dos estudantes para o desenvolvimento autónomo de trabalho de investigação e desenvolvimento através da sua integração em equipas de investigação, com especial destaque na fase de preparação e elaboração da Tese.

 

Objetivos de aprendizagem associados às unidades curriculares do programa doutoral, incluído Tese:

Desenvolver e aprofundar capacidades de análise, compreensão e quantificação dos fluxos energéticos e mássicos nas sociedades contemporâneas e da sua relação com os recursos naturais, tecnologias, política, gestão e as estratégias de mitigação e adaptação às alterações climáticas;

Desenvolver competências, aptidões e métodos para a conceção e realização de projetos de investigação e soluções tecnológicas que façam uma adequada integração das componentes de energia (conversão, transporte e utilização) e alterações climáticas (mitigação e adaptação) e sustentabilidade;

Conhecer, compreender e saber aplicar técnicas e metodologias, computacionais e laboratoriais, relevantes para o desenvolvimento de atividade de IDT nas principais áreas com potencial de desenvolvimento de projetos de investigação associados ao estudo integrado dos sistemas energéticos e alterações climáticas;

Desenvolver, de forma sistemática e autónoma, procedimentos de revisão bibliográfica, incluindo análise bibliométrica, visando a identificação do estado da arte num contexto integrado das áreas do conhecimento previamente definidas;

Identificar necessidades, e conceber e realizar investigação científica, respeitando as exigências impostas pelos padrões de qualidade e integridade académicas, de uma forma progressivamente autónoma;

Desenvolver competências de comunicação científica que permitam apresentar com autonomia, na forma escrita e oral, resultados de investigação que mereça a divulgação nacional ou internacional em conferências e/ou publicações com arbitragem científica;

Desenvolver espírito crítico sobre o a importância da energia, dos sistemas energéticos, da sua interação com o meio ambiente, e com a sociedade, nomeadamente sua relevância para o desenvolvimento sustentável, no contexto das estratégias de mitigação e adaptação às alterações climáticas;

Promover, em contexto académico e/ou profissional, o progresso científico, tecnológico, social e económico, numa sociedade baseada no conhecimento.

 

saídas profissionais

Tendo como preocupação a empregabilidade, no Programa Doutoral em Sistemas Energéticos e Alterações Climáticas desenvolvem-se competências que terão aplicação em outros domínios que não só a academia e investigação, nomeadamente:

  • Conhecimento detalhado acerca dos princípios fundamentais inerentes à conceção, desenvolvimento, operação e desmantelamento de sistemas energéticos;
  • Conhecimento detalhado acerca do processo das alterações climáticas enquanto fenómeno físico de caráter global, assim como das suas potenciais implicações na sociedade, na economia e na gestão dos recursos naturais, nomeadamente nos recursos energéticos;
  • Conhecimento detalhado acerca da estreita relação entre os sistemas energéticos e o seu efeito no meio ambiente e nas alterações climáticas;
  • Capacidade para desenvolver investigação científica fundamental e/ou aplicada de excelência no domínio dos sistemas energéticos e na mitigação da sua influência sobre as alterações climáticas, tendo como propósito o desenvolvimento sustentável da sociedade; 
  • Capacidade para comunicar as conclusões dos trabalhos de investigação e desenvolvimento (I&D) no domínio dos sistemas energéticos e sua relação com as alterações climáticas, em encontros internacionais com propensão para a criação de, e integração em, redes internacionais de I&D; 
  • Competência para o desenvolvimento e implementação de sistemas energéticos que permitam uma utilização eficiente dos recursos naturais, com o objetivo de mitigar os seus efeitos adversos sobre o meio ambiente e as alterações climáticas; 
  • Capacidade para promover em contexto académico e/ou empresarial soluções de progresso cientifico, tecnológico e social no domínio dos sistemas energéticos e das alterações climáticas;
  • Capacidade para intervir na sociedade de forma empreendedora, criando riqueza e emprego, através de respostas inovadoras aos problemas e oportunidades criados pela mudança de paradigma energético e exigências desencadeadas pela utilização eficiente de recursos energéticos e pela necessidade de mitigação do efeito dos sistemas energéticos no meio ambiente e alterações climáticas; 
  • Competência e aptidão para auxiliar a sociedade através de capacidade de intervenção ao mais alto nível, nomeadamente, comunicando e argumentando no domínio dos sistemas energéticos e alterações climáticas, em equipas e fóruns internacionais focalizados na procura de respostas para os problemas relacionados com a sustentabilidade energética da sociedade; 
  • Capacidade para, numa sociedade baseada no conhecimento, formar, renovar e aconselhar as elites responsáveis pela tomada de decisão com competência no domínio dos sistemas energéticos e alterações climáticas.
observações
O PDSEAC é suportado por um conjunto de Laboratórios Associados e Unidades de Investigação dos departamentos envolvidos, nomeadamente: CESAM (www.cesam.ua.pt), CICECO (www.ciceco.ua.pt), TEMA (http://tema.web.ua.pt/) e GOVCOPP (http://www.ua.pt/govcopp/), através dos seus grupos de investigação ativos em áreas diretamente associadas à temática do programa doutoral
a informação disponibilizada nesta página não dispensa consulta à página de acesso ao ensino superior
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.