40 anos do departamento de biologia
 

UA@Moçambique

asd asd

A Universidade de Aveiro e o Centro de Investigação do Parque Nacional da Gorongosa (Moçambique) – Fundação Carr estabeleceram um protocolo de cooperação científica, para o desenvolvimento de acções conjuntas de investigação e gestão nas áreas da Biologia, Ecologia e Biodiversidade, nomeadamente no acompanhamento e estudo das reintroduções de populações de grandes mamíferos africanos no Parque Nacional da Gorongosa, onde se prevê o intercâmbio de cientistas e alunos de pós-graduação, que poderão efectuar os seus trabalhos no Parque da Gorongosa.

Desde o início de 2007 que já está na Gorongosa uma investigadora de doutoramento do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, orientada pelo Prof. Dr. Carlos Fonseca (Departamento de Biologia da UA) e pelo Prof. Dr. Richard Beilfuss (Fundação Carr).

De notar que na Europa só está prevista a associação deste centro de investigação com mais uma Universidade (Instituto Durrel para a Conservação e Ecologia, da Universidade de Kent, Inglaterra).

 

Para além deste acordo com a Universidade de Aveiro e do estreito envolvimento e cooperação com instituições e universidades Moçambicanas, e do já mencionado Instituto da Universidade de Kent, o Centro de Investigação do Parque Nacional da Gorongosa (Moçambique) – Fundação Carr, prevê assinar acordos de cooperação também com as seguintes instituições: Universidade do Zimbabwe, Universidades de Pretória e da Cidade do Cabo (África do Sul) e com o Centro para a Ciência da Floresta Tropical, do Instituto Smithsonian.

 

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.