Tipografia › 41667
código no paco
41667
área científica
Design
créditos
4
escolaridade
ensino teórico (T) - 1 hora
ensino teórico-prático (TP) - 1 hora
idioma(s) de lecionação
a inserir brevemente
objectivos
A unidade curricular pretende dotar os discentes de capacidades de análise crítica na área específica da Tipografia.
Pretende proporcionar ao discentes um momento de reflexão sobre os paradigmas da Tipografia relacionando conteúdos e a forma como estes comunicam visualmente.
No final do semestre os discente deverão dominar a manipulação tipográfica mas suas diversas aplicações.
Reconhecer a importância da tipografia como linguagem visual;
Criar percepção do valor plástico do texto;
Tomar consciência dos valores expressivos, culturais e conceptuais da tipografia; Conhecer os momentos-chave da história da tipografia, no sentido de reconhecer a sua evolução técnica e estética;
Saber adequar características do âmbito da tipografia a produtos concretos do design de comunicação.

competências
Para obterem avaliação positiva à disciplina, os alunos deverão adquirir no final as seguintes competências:
– Capacidade de classificação dos tipos.
– Capacidade de reconhecimento das principais caracteristicas dos tipos.
– Capacidade de reconhecer, avaliar e manipular a tipografia (legibilidade, estética, etc) em diversos contextos.
– Capacidade de utilização da tipografia ao nível da letra, da palavra e do texto.
conteúdos

Letra / Palavra / Frase / Texto / Página / Objecto.
A letra e a sua anatomia;
Características do tipo;
Factores que influênciam na escolha do tipo –culturais, estéticos, técnicos e ergonómicos;
O texto como elemento visual;
A página – margens e mancha de texto;
História da tipografia no seu contexto social e cultural;
Classificação dos tipos;
Tipografia em diferentes suportes e contextos;
Desenho tipográfico.

avaliação
A avaliação é contínua  e dela  constam os seguintes parâmetros:
- Capacidade de análise e entendimento de uma proposta;
- Capacidade de desenvolvimento de um projecto, tendo em conta os constrangimentos do programa e objectivos a atingir;
- Solução formal/estética/técnica – em função das situações a resolver, serão avaliadas a resolução eficaz e a criatividade das soluções;
- Coerência com os pressupostos teóricos que fundamentam a solução final, e o modo como é resolvido ao nível da forma;
- Assiduidade e participação na aula.
A cada trabalho desenvolvido será atribuída uma nota qualitativa (A a F). No final do semestre será atribuída uma nota final quantitativa (0 a 20 valores)

Os alunos pertencentes ao regime ordinário e os alunos
trabalhadores estudantes, que assim o desejem serão alvo de uma
avaliação contínua. Os alunos trabalhadores estudantes, que não optem pela avaliação contínua, terão de fazer um teste teórico que versará sobre toda a matéria (que contribuirá com 50% para a classificação final) e um trabalho que contribuirá com 50% para a classificação final.
requisitos
Não pressupõe requisitos específicos
metodologia
A disciplina desenvolve-se paralelamente nos campos teórico e prático. O campo teórico compreende o estudo da história da tipografa mas também os fundamentos para a boa resolução de um trabalho prático. Será fomentada a discussão em grupo através de apresentação de exemplos de projectos tipográficos nas suas mais diversas áreas de aplicação. Serão apresentados exercícios adequados a situações específicas da realidade do design actual, bem como de reforço de conceitos apresentados em aula. A resolução destes exercícios será acompanhada e criticada pelo docente, no intuito de que os alunos sejam cada vez mais capazes de defender teoricamente o seu trabalho.
bibliografia base
Thinking With Type / Lupton, Ellen / 2004
The Elements of Typographic Style / Bringhurst, Robert / 2004
Manual de Tipografía / Kane, John / 2002
bibliografia recomendada
Bringhurst, Robert (2004). The Elements of Typographic Style. Hartley and Marks Publishers
Carter, Rob (1997). Working with Computer Type 4 – Experimental Typography. Celigny: Rotovision
Craig, James (1990). Basic Typography – a design manual. NewYork:  Watson-Guptill Publications
Frutiger, Adrian (2002). En torno a la tipografia. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, SA.
Gottschall, Edward M. (1989). Typographic Communications Today. London: MIT Press Ed edition.
Jardí, Enric (2007). Twenty-Two tips on Typography (that some designers will never reveal) and twenty-two things you should never do with typefaces (that some typographers will never tell you). Barcelona/New York: Actar
Jury, David (2007). O que é a Tipografia? Barcelona: Gustavo Gili
Heitlinger, Paulo (2006). Tipografia: origens, formas e uso das letras. Lisboa: Dinalivro
Lupton, Ellen (2004). Thinking with type. New York: Princeton Architectural Press.
Kane, John (2002). Manual de tipografía. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, SA.
Pedersen, B. Martin (1997). Graphis Typography 2 – An International Selection of the Best in Typographic Design. New York: Graphis Inc.
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização. saber mais
[X]