curso › Engenharia Eletrotécnica (lecionado em inglês)
objetivos

A Universidade de Aveiro apostou decididamente na área da Engenharia Eletrotécnica desde a sua fundação em 1974, tendo para o efeito criado o Departamento de Eletrónica e Telecomunicações (DET). Este departamento tem centrado as suas atividades de ensino e investigação em vários aspetos da Engenharia Eletrotécnica, tal como a Eletrónica, as Telecomunicações, o Processamento de Sinal, a Computação, os Sistemas de Controlo, os Sistemas de Informação e a Informática. Dada a importância crescente desta última área nas atividades do Departamento, este passou recentemente a designar-se por Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática (DETI). As várias áreas acima mencionadas são objeto de ensino, a nível dos 1 º e 2º ciclos, em três cursos a funcionar segundo o modelo de Bolonha: o Mestrado Integrado em Engenharia Eletrónica e Telecomunicações (MIEET), o Mestrado Integrado em Engenharia de Computadores e Telemática (MIECT) e a Licenciatura em Tecnologias e Sistemas de Informação (LTSI). O MIEET possuiu componentes importantes nas áreas da Eletrónica, Telecomunicações, Processamento de Sinal, Computação e Sistemas de Controlo. Por outro lado o MIECT concentra-se mais nas áreas da Computação, Sistemas de Informação e Informática e a LTSI abrange as áreas de Sistemas de Informação e Informática.

A atividade em investigação também esteve presente desde o início das atividades do DETI, tendo sido intensificada com a criação de duas unidades de investigação: o Instituto de Engenharia Eletrónica e Telemática de Aveiro (IEETA) e o Instituto de Telecomunicações (IT). O IEETA, anteriormente designado por INESC - Polo da Universidade de Aveiro, foi criado em 1993 com fundos provenientes do Programa Ciência. O IT iniciou as suas atividades em Aveiro em 1993, em instalações criadas também com cofinanciamento do programa Ciência. Em 2001 foi-lhe atribuído o estatuto de Laboratório Associado do Ministério da Ciência e Tecnologia.

O Programa Doutoral em (PDELE) destina-se a portadores de um grau de Mestre, Segundo Ciclo ou equivalente que possuam sólida formação, científica e tecnológica, em áreas tradicionalmente associadas à Engenharia Eletrotécnica (ELE) ou em áreas de fronteira que se entrecruzem com esta. No final, o grau de Doutor certificará que o estudante adquiriu uma formação alargada e sólida em Engenharia Eletrotécnica e desenvolveu investigação original nessa área. Os objetivos da parte curricular do programa doutoral são:

  • Dar uma visão abrangente das principais técnicas e processos utilizados na Engenharia Eletrotécnica;
  • Aquisição de conhecimentos e competências avançadas em sub-áreas específicas, onde incidirá o trabalho de preparação da tese;
  • Desenvolvimento da capacidade de procura e sistematização da informação relevante existente na literatura da especialidade;
  • Potenciar competências de trabalho autónomo e em equipa;
  • Fornecer capacidade de análise das consequências socioeconómicas da atividade profissional na área da Engenharia Eletrotécnica, integrando-as no seu trabalho científico.

 

Durante a fase de preparação de tese pretende-se promover:

  • A realização de trabalho original enquadrado em projetos de investigação de qualidade;
  • A aquisição de competências próprias num domínio de investigação, relevante a nível internacional;
  • O desenvolvimento de competências de autonomia no planeamento e execução de um plano de investigação;
  • A publicação de artigos científicos em jornais internacionais da especialidade com arbitragem científica, bem como a apresentação dos resultados de investigação em conferências da especialidade (nacionais e internacionais).
a informação disponibilizada nesta página não dispensa consulta à página de acesso ao ensino superior
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.