apresentação do departamento

O Departamento de Química da Universidade de Aveiro (DQUA) é atualmente uma referência a nível nacional e europeu nesta área científica. O DQUA é reconhecido pela qualidade do seu ensino e da sua formação pós-graduada, bem como pela excelência da sua investigação.

O DQUA oferece um conjunto diversificado de cursos de 1º ciclo (Licenciatura, 3 anos), de 2º ciclo (Mestrado, 2 anos) e de 3º ciclo (Doutoramento, 4 anos), todos adaptados às orientações de Bolonha, que cobrem as áreas da Química, Bioquímica, Biotecnologia e Engenharia Química. O curso de Engenharia Química, organizado como Mestrado Integrado (5 anos) foi reconhecido conjuntamente pela Ordem dos Engenheiros e pela European Network for Accreditation of Engineering Education tendo recebido a Marca de Qualidade EUR-ACE. Atualmente, este é o único curso de Engenharia Química do país com esta marca de qualidade.

A formação ao nível de 2º ciclo, além do Mestrado Integrado em Engenharia Química, é assegurada por 3 cursos de mestrado, com acesso direto (isto é, sem limite de vagas) para os nossos licenciados:

Mestrado em Química (com 4 especializações: Química Analítica e Qualidade, Química dos Recursos Renováveis e Biorrefinarias, Química Inorgânica e Materiais e Química Orgânica e Produtos Naturais),

Mestrado em Bioquímica (com 3 especializações: Bioquímica Alimentar, Bioquímica Clínica e Métodos Biomoleculares),

Mestrado em Biotecnologia (com 3 especializações: Biotecnologia Alimentar, Biotecnologia Molecular e Biotecnologia Industrial e Ambiental).

Ao nível de 3º ciclo, o DQUA tem atualmente acreditados Programas Doutorais em Química, em Bioquímica, em Engenharia Química e em Nanociências e Nanotecnologia. O DQUA participa também no Programa Doutoral em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química juntamente com mais quatro universidades portuguesas.

O DQUA é o Departamento de Química com maior produção científica por docente em Portugal, apresentando uma publicação científica média semelhante aos valores de referência europeus (acima de 3 artigos SCI/docente/ano). A investigação no DQUA está enquadrada em dois Laboratórios Associados (CICECO e CESAM) e numa Unidade de Investigação (QOPNA), todos classificados com “Excelente” pela FCT. A investigação é suportada por um grande número de projetos nacionais e europeus, com financiamento público e privado (indústria), e por um moderno e avançado parque de infraestruturas científicas.

Os objetivos pedagógicos e científicos do DQUA são os seguintes:

a) Formar licenciados, mestres, doutores e investigadores pós-graduados segundo os mais elevados padrões de excelência e boas práticas das instituições de topo a nível internacional;

b) Desenvolver investigação competitiva a nível internacional e publicá-la em revistas de elevado impacto;

c) Promover a cooperação e criar parcerias com a comunidade, nomeadamente autarquias, escolas e empresas, assentes em princípios de benefício mútuo, partilha de conhecimento e recursos;

d) Promover a cultura científica e tecnológica junto da sociedade;

e) Implementar ações que assegurem a garantia da qualidade de ensino e investigação, bem como das atividades de cooperação com o exterior, em conformidade com o regime consagrado pelos órgãos comuns competentes;

f) Implementar ações que assegurem a segurança de pessoas e bens;

g) Dinamizar a aplicação de metodologias adequadas de ensino e de práticas pedagógicas devidamente adaptadas, de acordo com as orientações dos órgãos comuns;

h) Promover a internacionalização de docentes, investigadores e estudantes e o intercâmbio com instituições estrangeiras congéneres;

i) Dinamizar ações que promovam e facilitem a inserção dos diplomados no mercado de trabalho.


Tito da Silva Trindade
Diretor do Departamento de Química
 

última atualização a 09-07-2015
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.