Linguística Clínica › 46690
código no paco
46690
área científica
Ciências e Tecnologias da Saúde
créditos
6
escolaridade
ensino teórico-prático (TP) - 2 horas
ensino prático e laboratorial (PL) - 2 horas
orientação tutorial (OT) - 1 hora
idioma(s) de lecionação
Português
objectivos

Transmitir conhecimentos fundamentais de fonologia e morfologia do português.

Familiarizar os alunos com os conceitos e técnicas de análise linguística utilizados em fonologia e morfologia, aplicando-os à descrição do português.

Sensibilizar os alunos para o interesse da aplicação dos modelos e teorias linguísticas ao estudo dos distúrbios da linguagem

competências

 

O aluno deve ser capaz de:

• Apreender alguns aspetos centrais da descrição fonológica do português europeu contemporâneo

• Adquirir conceitos e técnicas de análise morfológica, aplicando-as à descrição da língua portuguesa

• Aplicar os modelos e teorias linguísticas (sobretudo da fonologia e morfologia) ao estudo dos distúrbios da linguagem em todas as suas formas

 

conteúdos

Fonologia. Considerações teóricas e aplicações práticas

–Fonética e Fonologia. Fundamentos de distinção entre as duas disciplinas

–Conceitos e princípios básicos de análise fonológica

–Descrição fonológica do português contemporâneo

•Inventário segmental do português

–O sistema consonantal do português

–O sistema vocálico do português

–Questões particulares: vogais nasais e glides

•Classificação dos segmentos fonológicos do português com base em traços distintivos

–Segmentos e traços distintivos; matriz fonológica; redundância e subespecificação; geometria de traços

•Aspectos prosódicos

–A sílaba

–O acento lexical

–Alguns marcos históricos na evolução da teoria fonológica: do estruturalismo aos modelos pós-SPE

–Variação regional e sociolinguística do português europeu

 

Aspectos Morfológicos do Português

–Palavra morfológica e palavra prosódica em português.

–A estrutura interna da palavra em português.

–Formas lexicais e formas gramaticais.

–Flexão verbal.

–Flexão nominal.

–Processos derivacionais em português.

–Processos composicionais em português.

–Variações alomórficas mais correntes em português

Linguística Clínica

–Morfologia e Pragmática: exemplos de aplicação em TF

– A Fonologia Clínica e os principais distúrbios de natureza fonológica: estudo de caso(s)

avaliação

 

Avaliação mista

metodologia

 

As aulas teóricas terão um caráter predominantemente expositivo, tendo em vista a apresentação de um conjunto alargado de conceitos relacionados com os modelos e teorias fonológicas, com a descrição fonológica do português europeu, as técnicas de análise morfológica e com as aplicações clínicas da linguística (mais especificamente da fonologia e da morfologia) na área da Terapia da Fala.

 

Durante as aulas práticas, serão realizados pequenos exercícios práticos relacionados com os diferentes modelos e teorias fonológicas, sílaba, acento, etc. Serão ainda promovidos debates, a partir das apresentações dos projectos(fonologias pós-SPE e estudo de um caso clínico).

 

bibliografia recomendada

    FONOLOGIA

    • Ball, Martin J., Perkins, Michael R., Müller, Nicole, Howard, Sara (Eds), The Handbook of Clinical Linguistics, Wiley-Blackwell, 2008.

    • Ball, M. J., Müller, N. & Rutter, B. (2008) Phonology for Communication Disorders. Hove: Psychology Press.

    • Bauman-Waengler, Jacqueline (2008) Articulatory and Phonological Impairments: A Clinical Focus. Allyn & Bacon.

    • MATEUS, Maria Helena; ANDRADE, Ernesto d’ (2000).The Phonology of Portuguese. Oxford, Oxford University Press

    • MATEUS et al. (2005) Fonética e Fonologia do Português. Lisboa, Universidade Aberta

    • KATAMBA, Francis (1989). An Introduction to Phonology. London/New York, Longman. 5.th impression, 1993

    • GUSSENHOVEN, Carlos; JACOBS, Haike (1998). Understanding Phonology. London, Arnold (2005)

    • GUSSMAN, Edmund (2002). Phonology. Analysis and Theory. Cambridge, Cambridge University Press

    No âmbito de cada tópico, será indicada bibliografia específica

    MORFOLOGIA

    • Laroca, M. N. C. 1994. Manual de Morfologia do Português. Juiz de Fora MG/Campinas SP: UFJF/Pontes Editores.

    • Mateus, M. H. M.; Andrade, A.; Viana, M.C.; Villalva, A. 1990. Fonética, Fonologia e Morfologia do Português. Lisboa: Universidade Aberta.

    • Rio-Torto, G. M. 1998. Morfologia Derivacional. Teoria e Aplicação ao Português. Porto: Porto Editora.

    • Rosa, M. C. 2002. Introdução à Morfologia. São Paulo: Editora Contexto.

    • Spencer, A. 1991. Morphological Theory. Oxford: Blackwell.

    • Spencer, A.; Zwicky, A. M. (Eds.). 1998. The Handbook of Morphology. Oxford: Blackwell.

    • Villalva, A. Morfologia do Português. Lisboa: Universidade Aberta, 2008.

    • Villalva, A. 2000. Estruturas Morfológicas. Unidades e Hierarquias nas Palavras do Português. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian/Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

    No âmbito de cada tópico, será indicada bibliografia específica

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização. saber mais
[X]