A escolha atempada de um lugar para morar e crucial. As particularidades do alojamento como o acesso à internet, o custo que comporta e a distância a que se situa da Universidade são fundamentais para ter uma experiência agradável e enriquecedora. Tem muito para descobrir na sua jornada, faça-o com comodidade a partir de uma nova habitação.

Cabe ao aluno dialogar diretamente com a instituição de acolhimento a fim de efetuar a sua candidatura ao alojamento. Geralmente o estudante tem acesso, através do website, a um pacote de informações sobre as condições do alojamento disponível, bem como às fichas de candidatura, que deverá preencher e enviar. 

Existem empresas privadas em muitas cidades europeias a oferecer soluções de alojamento. Cuidado com imagens que parecem boas de mais para ser verdade nas páginas web das imobiliárias, procure sempre ver a reputação e fidelidade da empresa. Procure conselhos de antigos estudantes/ clientes. Saiba quais são os seus direitos e deveres no que diz respeito ao alojamento e procure sempre conselhos junto do gabinete de relações internacionais da universidade de acolhimento.

Mais Informação

Alojamento » no sector privado

Se optar por procurar alojamento no sector privado, não assine qualquer contrato sem saber todas as regras que o mesmo implica. Aqui ficam algumas dicas para o ajudar a encontrar um alojamento seguro, no sector privado: 
• Pergunte no Gabinete de Relações Internacionais/Serviços de Apoio ao Estudante Internacional da instituição de acolhimento se têm alguma lista de locais para alugar, que possam estar devidamente vistoriados e aprovados pela instituição. 
• Procure saber todas as condições antes de visitar o local escolhido: despesas, serviços, distâncias, tipo de partilha, etc. 
• Se possível, leve alguém consigo quando for ver o local de alojamento.
• Se, de alguma forma, não se sentir à vontade com a pessoa que lhe mostra o alojamento, deve referir que a instituição de acolhimento ou amigos seus sabem onde se encontra e que estão à sua espera, numa determinada hora. 
• Verifique se o alojamento que vai ver se encontra numa área segura, antes de decidir se fica ou não com a vaga.

Todos os estudantes devidamente inscritos na Universidade de Aveiro têm um seguro de acidentes pessoais para actividades académicas, que abrange os programas de mobilidade estudantil a realizar na instituição de acolhimento. No entanto, este seguro cobre exclusivamente o âmbito das actividades académicas, significando isto que todas as outras actividades de carácter pessoal, não serão abrangidas.

Qualquer acidente na instituição de acolhimento, deve ser comunicado, por escrito, aos Serviços de Recursos Humanos e Financeiros – Área de Recursos Financeiros – Gabinete de Gestão de Seguros, no prazo máximo de 5 dias a contar da data de ocorrência. Contudo, qualquer acidente também deve ser comunicado o mais rapidamente possível (dentro de 24 horas) ao Gabinete de Relações Internacionais, incluindo elementos elucidativos do acidente e das suas consequências.

Alojamento » nas residências universitárias

Se optar pelo alojamento nas Residências Universitárias, certifique-se de algumas condições para não ter surpresas. Procure obter o máximo de informação sobre o lugar onde será acolhido, colocando questões que lhe possam esclarecer quais são as condições oferecidas, tais como: se o quarto é individual, se tem casa de banho interior, quais as despesas incluídas e não incluídas na mensalidade, se tem cozinha, se há lavandaria na residência (ou perto), se a residência fica perto da Universidade ou se necessitará de usar um transporte público, se tem acesso à Internet, etc. Nem todos os estudantes serão alojados em Residências Universitárias, seja por falta de vagas, seja porque a instituição não dispõem das mesmas, seja porque não tem como política o alojamento de estudantes estrangeiros. Embora a instituição de acolhimento não tenha obrigação de oferecer alojamento a todos os estudantes estrangeiros ERASMUS, tem obrigação de os auxiliar na procura de um lugar para ficar. Atenção: muitas instituições exigem a assinatura de um contrato de alojamento, que garante ao aluno a acomodação por um certo período de tempo, mas que também o obriga a cumprir as disposições do mesmo, normalmente regras de conduta e de utilização dos serviços. Estes contratos podem, também, estipular cláusulas de incumprimento, que podem ser accionadas e levar à perda do depósito de caução inicial. Este depósito normalmente ocorre por transferência bancária, antes do início do período de mobilidade, e serve como garantia de ocupação da vaga reservada para o estudante. Leia, cuidadosamente, as cláusulas do contrato de alojamento e pondere as consequências, em caso de incumprimento, antes de o assinar.

Alojamento » temporário

Encontrar alojamento é da responsabilidade do aluno, pelo que deve pensar num lugar para ficar, antes de ir, mesmo que seja uma situação provisória, e, principalmente, se for viajar para uma cidade onde habitualmente é difícil arranjar alojamento. Pode, por exemplo, procurar informação sobre pousadas da juventude, albergues, etc. Pode, ainda, solicitar ao Gabinete de Relações Internacionais da Universidade de Aveiro o contacto de colegas que tenham participado no Programa ERASMUS recentemente, na cidade e Universidade, para a qual irá estudar, para obter mais informações.

última atualização a 03-05-2016


Links


A sua Europa

Direitos de residência de estudantes

House Erasmus +
Boas práticas e recomendações da ESN




Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.