mobilidade de pessoal para formação

O Programa ERASMUS+, através da Ação 1 (Mobilidade Individual para fins de Aprendizagem) prevê a realização de atividades de desenvolvimento profissional e formação de pessoal docente e não docente das Universidades.


Atividades

A mobilidade de pessoal para formação visa a partilha de boas práticas e metodologias, através de participação em seminários, ateliers, cursos de formação e em particular através de atividades de aprendizagem pelos pares e da observação de percursos profissionais ou «job shadowing».

Duração

A formação dura tipicamente de 3 a 5 dias. São elegíveis períodos de formação a ter lugar até 30 de Setembro de 2018. De salientar que a "bolsa de mobilidade" disponível no presente concurso prevê um apoio individual diário para um máximo de 5 dias de atividades de formação. Prevê ainda um apoio individual para viagem, conforme a Tabela de Valores da Bolsa.

Participantes

São elegíveis para formação no âmbito do programa ERASMUS+ todos os trabalhadores (pessoal docente e não docente) da Universidade de Aveiro.

Candidatura 

A primeira fase de candidaturas terminou a 13 de outubro de 2017, podendo ser aberta uma segunda fase de candidaturas posteriormente a essa data no caso do número de candidaturas seleccionados na primeira fase ser insuficiente. As listas de candidatos seleccionados na primeira fase serão divulgadas brevemente.

Avaliação e Seleção

A seleção de candidatos é da responsabilidade do Coordenador Institucional ERASMUS e tem como critérios, cumulativamente:
- Elegibilidade da formação proposta;
- Relevância da formação para o candidato;
- Relevância da formação para a unidade/serviço;
- Contributo da mobilidade para a internacionalização da UA.
Assim, no âmbito da avaliação das candidaturas serão valorizadas as respostas que revelam atividades de formação e de cooperação relevantes, que identificam resultados concretos e alcançáveis. Será igualmente valorizado o parecer da direção da unidade orgânica / funcional relativamente ao compromisso assumido com a disseminação e valorização dos resultados.
A seleção de candidatos será da responsabilidade do coordenador institucional ERASMUS+.

Organizações 

Cabe ao candidato contatar organizações (universidades, empresas, ONGs, entre outras) no estrangeiro para debater e preparar o plano de formação a prosseguir. Sugere-se ainda a consulta da base de dados imotion, onde são publicadas algumas ofertas formativas.
última atualização a 23-11-2017

Tabela de Valores de Bolsa

Formulário de Candidatura

Modelo do Programa de Trabalho
(a utilizar apenas após aprovação da candidatura)

Testemunhos

Saiba mais:
Agência Nacional ERASMUS+

A procura de uma oportunidade? Procure na IMOTION
IMOTION ERASMUS Staff Training Database

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.