alterações climáticas

As alterações climáticas são hoje em dia encaradas como uma das principais ameaças ao desenvolvimento sustentável. Neste sentido, o GEMAC tem desenvolvido trabalho de investigação que se centra essencialmente na avaliação dos impactes das alterações climáticas na qualidade do ar e na ocorrência de incêndios florestais. Para além disso, foram ainda desenvolvidos estudos centrados na quantificação das emissões de gases com efeito de estufa e caracterização das principais fontes de emissão.

A área das alterações climáticas deve responder a alguns desafios fundamentais para este tópico, nomeadamente:

 

  • Estudos científicos com base na modelação de cenários climáticos à escala regional e urbana;

  • Downscalling dinâmico dos resultados da escala global para a escala regional recorrendo à modelação atmosférica (MM5 e/ou WRF);

  • Estudos de avaliação do impacto das alterações climáticas em vários sectores para uma dada região do País e análise de estratégias de adaptação;

  • Avaliação e análise espaço-temporal das emissões de gases com efeito de estufa ao nível nacional e regional.

 

Alteração na concentração média mensal de ozono na atmosfera entre 2100 e 1990 para o cenário IPCC SRES A2

 

Membros do GEMAC envolvidos: Anabela Carvalho, Myriam Lopes, Helena Martins, Jorge Humberto Amorim, Elisa Sá, Isabel Ribeiro.

última atualização a 16-04-2014
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.