acreditação de Engenharia Geológica

Em 1994, a Ordem dos Engenheiros (OE) decidiu criar um sistema de acreditação dos cursos de engenharia (http://www.ordemengenheiros.pt/). Duma forma sumária, pode-se afirmar que há duas consequências mais directas da declaração de acreditação de um curso por parte da OE: em primeiro lugar, a acreditação é o reconhecimento da qualidade da formação proporcionada pelo curso em causa para o exercício da profissão de engenheiro; em segundo lugar, os graduados por esse curso estão dispensados do exame de admissão na OE. Refira-se que, de acordo com os dados de 2000, das 277 licenciaturas em engenharia existentes em Portugal, somente 77 estavam acreditadas pela Ordem dos Engenheiros.

A licenciatura em Engenharia Geológica da Universidade de Aveiro foi o primeiro curso de Engenharia Geológica em Portugal a ser acreditado pela Ordem dos Engenheiros. Desde então, a acreditação tem sido ininterruptamente renovada até ao presente.

Em 22 de Junho de 2006, o Conselho Directivo Nacional da Ordem dos Engenheiros, decidiu prorrogar, até ao final de 2008, a acreditação da licenciatura (pré-Bolonha, correspondendo a 5 anos curriculares) em Engenharia Geológica da UA. Já em 2007, uma deliberação do mesmo órgão da Ordem dos Engenheiros alargou a referida acreditação ao novo esquema completo de formação em Engenharia Geológica, ou seja: licenciatura, de 3 anos, seguida de mestrado, de 2 anos.

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.