inventários de emissões de poluentes atmosféricos

A caracterização das emissões de poluentes de uma região passa por um levantamento exaustivo das fontes emissoras e quantificação das respetivas emissões.

Um inventário de emissões é uma listagem das quantidades de poluentes lançadas na atmosfera por diversas fontes numa dada área e num determinado intervalo de tempo.

Um inventário de emissões de uma determinada região permite:
  • Quantificar a magnitude das emissões
  • Evidenciar contribuições relativas
  • Projetar as tendências futuras
  • Avaliar efeitos de alternativas de desenvolvimento
  • Fornecer os dados de entrada para os modelos atmosféricos utilizados para estudar os processos físico-químicos e seus efeitos no ambiente.
A inventariação das emissões atmosféricas pode seguir duas metodologias diferentes de acordo com o objetivo do trabalho, adaptando-se às condicionantes específicas da região em análise:
  • Metodologia "top-down": discretização espacial dos dados de emissão estimados nos inventários, através da aplicação de fatores de desagregação;
  • Metodologia "bottom-up": recolha de dados das fontes emissoras através de inquéritos e/ou medições diretas.


última atualização a 29-07-2015
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.