documentos necessários

Concurso especial para acesso e ingresso de estudantes internacionais / Licenciatura e Mestrados Integrados


2019 - 2020


Pode consultar a informação relativa ao ano letivo 2019-2020, em que o processo de candidatura é instruído com os seguintes documentos:

  1. Formulário de candidatura;
  2. Cópia do documento de identificação pessoal ou passaporte, do qual conste expressamente a nacionalidade do/a candidato/a e CPF (para o caso de candidatos brasileiros);
  3. Cópia dos diplomas/certificados de ensino/formação, designadamente da qualificação que dá acesso ao ensino superior no país de origem e do ensino secundário português ou habilitação equivalente, traduzidos para língua portuguesa ou inglesa;
  4. Documento comprovativo da detenção dos pré-requisitos que tenham sido fixados pela UA para o ciclo de estudos em causa;
  5. Documento comprovativo da competência linguística, de nível B1 do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas, do Conselho da Europa, emitido por qualquer organismo idóneo, ou outro tipo de certificação que o júri entenda como equivalente, ou declaração sob compromisso de honra de que frequentarão um curso intensivo de língua portuguesa (não aplicável a candidatos cuja língua materna é o português);
  6. Declaração de Verificação de Condição de Ingresso, atestando que reúne os requisitos para ser considerado estudante internacional;
  7. Declaração de Residência, atestando que, à data de 1 de janeiro de 2019, não residia legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta
Do formulário mencionado, constam necessariamente os seguintes elementos:
 
  • Identificação pessoal do candidato, incluindo a sua situação atual relativa à residência (os candidatos que, não sendo nacionais de um Estado membro da União Europeia, residam legalmente em Portugal há mais de dois anos não podem efetuar candidatura por este regime);
  • Habilitações académicas;
  • Nacionalidade ou nacionalidades, neste último caso quando se trate de plurinacionalidade.

Em cada ano os candidatos só podem candidatar-se a um máximo de três cursos, os quais devem ser indicados por ordem de preferência.
última atualização a 23-01-2019

 


Os documentos devem ser submetidos na plataforma de candidatura, devendo os candidatos colocados e matriculados entregar, no início do ano letivo (em setembro) no curso de colocação, a documentação exigida em formato original e devidamente autenticada por agente consular.

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.