Aníbal Guimarães da Costa

Nome citado: Costa, A.; Costa, G. A.; A. Guimarães da Costa
Endereço de correio eletrónico: agc@ua.pt
Telefone: (+351) 234 370 049
Departamento: engenharia civil, UA
Categoria: Professor catedrático
ORCID: orcid.org/0000-0001-8950-4843
ResearcherID: D-5479-2015
Scopus Author ID: 16400960500

Nota curricular 

Aníbal Costa é Professor Catedrático no Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro desde 2007. Leciona disciplinas da área da Conservação e Reabilitação das Estruturas do plano curricular de Engenharia Civil. É orientador principal de alunos de doutoramento em curso e foi orientador e coorientador de várias teses de doutoramento e mestrado já concluídas. Tem participado em diversos projetos de investigação Europeus e Nacionais na área de comportamento de estruturas, tendo publicado um número significativo de artigos em revistas e congressos internacionais e nacionais. Presidente da Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica (SPES); Membro dos Corpos Sociais do ICOMOS de Portugal; Especialista em Estruturas pela Ordem dos Engenheiros; Diretor do Núcleo de Reabilitação do Instituto da Construção da FEUP (IC-FEUP) É editor de 14 livros com publicação nacional e internacional, autor de 61 capítulos de livros nacionais e internacionais, 68 artigos em revistas internacionais, 40 em revistas nacionais e mais de 500 artigos em conferências nacionais e internacionais.


Habilitações

Agregado em Engenharia Civil na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Doutorado em Engenharia Civil na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Licenciatura em Engenharia Civil na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.


Projetos mais relevantes

Field Experimental Characterization of Stone Masonry Constructions under Earthquake Actions; Structural assessment and strengthening of reinforced concrete columns under horizontal bi-axial cyclic loading;

Seismic Protection of Built Heritage, financiado pelo programa europeu Human Capital and Mobility, dirigido pelo Instituto Superior Técnico;

Seismic Safety Assessment and Retrofitting of Bridges;

Development and calibration of seismic safety assessment methodologies for existing buildings according to the Eurocode 8-Part 3;

Seismic performance assessment of reinforced concrete buildings designed to Portuguese codes, SPARCS.


Publicações mais relevantes

R. Teixeira Duarte, C. Sousa Oliveira, Aníbal G. Costa, Alfredo C. Costa. "A Nonlinear Model for Seismic Analysis, Design and Safety Assessment of Reinforced Concrete Buildings". Chapter of Book - Earthquake Damage Evaluation & Vulnerability Analysis of Building Structures. pp. 133 – 160. Edited by A. Koridze, Omega Scientific, Wallingford, UK, 1990.

Aníbal Costa. “Determination of mechanical properties of traditional masonry walls in dwellings of Faial Island, Azores”. Earthquake engineering & structural dynamics Volume: 31 Issue: 7 Pages: 1361-1382 Published: JUL 2002.

Aníbal Costa; António Arêde. “Strengthening and Repairing Earthquake Damaged Structures”. Chapter 19 of Book – Assessing and Managing Earthquake Risk. pp. 403 -426. Edited by C.S. Oliveira, A. Roca and X. Goula. Springer. 2006.

Carlos Sousa Oliveira and Aníbal Costa. "Reflections on the Rehabilitation and Retrofit of Historical Constructions. (2010) - Chapter 9 - Book: Earthquake Engineering in Europe - ISSN: 1573-6059, ISBN 978-90-481-9543-5 e ISBN 978-90-481-9544-2, pp. 199-221, DOI 10.1007/978-90-481-9544-2. Springer Dordrecht Heidelberg London New York, 2010.

Aníbal Costa; Xavier Romão; Carlos Sousa Oliveira (2010) – “A methodology for the probabilistic assessment of behaviour factors”. Bulletin of Earthquake Engineering, Volume 8, Nº 1, pp. 47 - 64, February 2010.

última atualização a 22-04-2015
Serviços à comunidade

 decivil

 

Financiamento

 fct

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.