44 anos da UA
 

O RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro é um sistema de informação que armazena, preserva, divulga e dá acesso à produção intelectual da Universidade de Aveiro em formato digital, através da Web e de forma gratuita, em regime de Acesso Livre (Open Access).

Aceda em http://ria.ua.pt.

TUTORIAIS



PERGUNTAS FREQUENTES (FAQS)

Quais são os objetivos do RIA?

  • Promover o conhecimento e o aumento do impacto da investigação produzida na Universidade de Aveiro (UA), reforçando a sua visibilidade;
  • Partilhar o conhecimento científico e técnico alcançado na Universidade, contribuindo para a geração de novos conhecimentos;
  • Facilitar o acesso à produção científica produzida na UA e aos metadados a ela associados, permitindo uma rápida disseminação via Web da investigação produzida na Universidade, agilizando o fluxo da comunicação da ciência a um nível global;
  • Dotar a Universidade de ferramentas que permitam uma melhor gestão da sua produção científica;
  • Ajudar a preservar a memória intelectual da UA.

Como está organizada a informação no RIA?
A estrutura do RIA reflete a lógica organizacional da Universidade de Aveiro, de forma a permitir um melhor conhecimento da produção científica por áreas, unidades de investigação e departamentos, resultando numa gestão de informação mais eficiente.

Estrutura-se, assim, em comunidades que correspondem aos departamentos, serviços, escolas politécnicas, unidades de investigação e laboratórios associados e em possíveis subcomunidades, de acordo com as especificidades da cada Comunidade.

Dentro de cada comunidade, o Repositório está organizado em coleções, que correspondem à tipologia de documentos (artigos científicos, papers de conferência - comunicações,dissertações de mestrado e teses de doutoramento, relatórios, livros e capítulos de livro).


Posso depositar documentos no RIA?

  • Docentes da Universidade de Aveiro (UA);
  • Investigadores e investigadores bolseiros da UA;
  • Alunos da UA em coautoria com docentes e investigadores UA;
  • Funcionários e colaboradores em projectos da UA.
Foram atribuídas funções de depositante  e foram associados às comunidades em que se encontram afiliados todos membros da comunidade académica que assumem as funções indicadas anteriormente.


Não tenho permissões para depositar numa comunidade. Como devo proceder?
Foi atribuído a todos os docentes/investigadores da UA funções de depositante e foram associados às comunidades em que se encontram afiliados.

No caso de não estar associado a determinada comunidade com funções de depositante é necessário que envie um e-mail para ria-repositorio@ua.pt com a indicação das comunidades do RIA em que pretende depositar documentos.


Qual a vantagem de depositar os meus documentos no RIA?
Os investigadores são recompensados pela sua produtividade científica, que é avaliada não apenas pela sua dimensão (quantidade), mas também pelo seu impacto (qualidade), geralmente aferida pelo número de citações que cada publicação recebe.

Por esta razão, para os autores de publicações científicas, a principal vantagem de depositar em Repositórios Institucionais é a visibilidade acrescida que isso lhes proporciona.

Para além do aumento da visibilidade e do impacto das publicações, os depositar no RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro possibilita aos investigadores a:
  • recolha de dados e estatísticas de acesso e download dos seus documentos;
  • integração com outros sistemas de informação;
  • obtenção de identificadores persistentes para os documentos, o que facilita a localização e referência dos mesmos;
  • geração de listagens de publicações, individuais ou relativas a uma unidade de investigação;
  • preservação digital dos documentos.  

Que tipo de documentos podem ser depositados?
Podem ser depositados:
  • Artigos científicos;
  • Livros;
  • Capítulo de livros;
  • Comunicações (papers de conferência);
  • Recensão de livro/ artigo;
  • Relatórios;
  • Working papers.
A tipologia de documentos no RIA baseia-se nas diretrizes DRIVER (pág. 115-119).


As tipologias Dissertação de mestrado e Tese de doutoramento não figuram nas opções de depósito das comunidades em que sou depositante. Como devo proceder para inserir a minha tese no RIA?
O depósito no RIA de Dissertações de mestrado e Teses de doutoramento defendidas na Universidade de Aveiro é da responsabilidade da biblioteca da UA. É por esse motivo que as coleções relativas às tipologias indicadas não estão visíveis para os depositantes no Repositório.


Como se processa o depósito de documentos no RIA?
Consulte o tutorial: Depósito de documentos no RIA: o processo de auto arquivo.


Pretendo que os meus documentos fiquem associados às comunidades em que sou afiliado mas só consigo selecionar uma única comunidade no momento de depósito. Como devo proceder?
A plataforma RIA não permite que o depositante selecione mais do que uma comunidade para depósito de documentos. Esse mapeamento é realizado pela equipa das bibliotecas da UA no processo de validação dos registos depositados.

Sempre que pretende associar um documento a mais do que uma comunidade deve iniciar o processo de depósito numa das comunidades (ex. BIO - artigos) e no campo Informações adicionais deve indicar o nome das restantes comunidades (ex. CESAM - artigos e CICECO - artigos).

No caso de já ter submetido um documento que pretende que seja também associado a outra comunidade basta enviar um e-mail para ria-repositorio@ua.pt e indicar qual a comunidade.


O depósito de documentos no RIA prevê a definição de restrições de acesso aos documentos depositados?
Uma das etapas do processo de depósito de documentos no RIA é a definição do nível de acesso do documento depositado, que pode ser um dos seguintes:
  • Acesso Livre: o ficheiro digital do documento fica disponível online (acesso integral ao documento);
  • Acesso Restrito: o ficheiro digital do documento fica indisponível para consulta/download por tempo indeterminado;
  • Embargo: acesso restrito ao ficheiro digital do documento por tempo determinado (6 meses, 1 ano, 2 anos).
Seja qual for a opção selecionada no momento de depósito é obrigatório o depósito de um ficheiro digital do documento. Os níveis de acesso são definidos pelo depositante (autor/coautor do documento) ou pela equipa de validação do RIA no caso de eventuais restrições impostas pelos editores das publicações científicas em que foram publicados os documentos.
 

Recebi uma notificação via e-mail de um utilizador que pretende consultar um documento no RIA que se encontra em acesso restrito/embargado. Como devo proceder?
Sempre que um utilizador tenta aceder a um documento que se encontra em acesso restrito ou embargado no RIA, tem a possibilidade de enviar um pedido de cópia aos autores/coautores/orientadores do mesmo no sentido de lhe fazerem chegar uma cópia única do documento em questão (situação permitida pela maioria das editoras).

As notificações são enviadas automaticamente para os autores/ coautores/ orientadores dos documentos embargados, sendo que a decisão de fornecer ou não uma cópia do documento é da responsabilidade dos mesmos. A equipa do RIA não recebe estas notificações nem tem forma de filtrar as mensagens enviadas automaticamente pelo sistema.

A notificação que recebe expõe a mensagem do utilizador (entre aspas) e os dados do mesmo. Através do link indicado no final dessas mensagens, os autores/coautores/ orientadores podem responder diretamente aos utilizadores requerentes.

Se selecionar a opção Enviar cópia, esta é enviada automaticamente pelo sistema ao utilizador, podendo anexar uma mensagem. Se selecionar a opção Não Enviar pode anexar também uma mensagem, sendo que o acesso ao documento digital não será facultado pelo sistema.


Quais são os meus direitos como autor?
Consulte o tutorial: Copyright e direitos de autor: no depósito de documentos no RIA.


Os direitos de autor no auto arquivo.
Vídeo disponibilizado pelo RCAAP - Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal.


Que Direitos de Autor ficam associados aos documentos depositados no RIA? A Licença de Distribuição Não-Exclusiva.
Uma das etapas do processo de depósito no RIA passa por aceitar a Licença de distribuição não-exclusiva que concede à Universidade de Aveiro o direito de arquivar, disponibilizar no RIA e usar para fins académicos os trabalhos depositados. Com a concessão desta Licença à Instituição para arquivar e dar acesso à produção científica depositada, os autores dos documentos continuam a reter os seus direitos de autor.


Que informação posso encontrar na Área Pessoal?
Para aceder à Área Pessoal no RIA, basta efetuar login (selecione a opção Entrar na barra lateral) com as credenciais da UA (UU).Sendo depositante no RIA, na Área Pessoal poderá iniciar o processo de depósito de documentos e aceder a informação útil.

Na Área Pessoal pode:
a) Auto arquivar documentos no RIA através de uma das opções de depósito:
Opção 1 - Auto-arquivo: depósito de documentos através do preenchimento manual de um formulário).

Opção 2 - Importação de um ou mais ficheiros: importação automática de registos para o RIA através da exportação de registos de uma base de dados/ gestor de referências bibliográficas.

b) Ver depósitos aceites: acesso à lista de depósitos que foram aceites e estão disponíveis no RIA.

c) Depósitos por terminar: no momento de auto aqrquivo de documentos no RIA pode interromper o processo e gravar o mesmo. Nesta secção pode retomar o processo de depósito dos documentos que interrompeu e/ou removar os mesmos. Para retomar o processo de depósito basta selecionar a opção Abrir > Editar.

d) Depósitos em processo de aceitação: Lista dos documentos que foram submetidos por si e que se encontrar em processo de validação para posterior disponibilização no RIA.

e) Os meus documentos: visualização da lista dos últimos 10 documentos disponibilizados no RIA em que figuro como autor e possibilidade de acesso à lista completa (ver todos).

f) As minhas formas de nome: esta secção apresenta as  diferentes formas de nome presentes nos registos do RIA em que figuro como autor/coautor/orientador e em que foi realizado o controlo de autoridade/validação da autoria (ligação das formas de nome aos dados que me identificam na Instituição - nome completo e IUPI).

g) Editar conta: selecione esta opção no menu larteral esquerdo do RIA se pretende efetuar alterações ao seu perfil no Repositório (nome, contacto, senha de acesso).
última atualização a 02-03-2018
Helpdesk

   Email: ria-repositorio@ua.pt
   › Telef.: 234 247 149
   Ext. telf.: 22304

+ informação

   Informação geral
   › Repositório
   Ext. telf.: 22304

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.