40 anos da UA
 

IMPRENSA PORTUGUESA: UMA COLEÇÃO DE PRIMEIROS NÚMEROS (DO INÍCIO DO SÉC. XVIII A MEADOS DO SÉC. XX)

De 24 de fevereiro a 24 de março esteve patente na Sala Hélène de Beauvoir, da Biblioteca da UA, a exposição “Imprensa portuguesa: uma coleção de primeiros números (do início do Séc. XVIII a meados do Séc. XX)".

A exposição esteve aberta ao público em geral nos dias úteis, das 09h00 às 21h00 e aos sábados, das 09h00 às 18h00. Nesta mostra foi apresentada uma coleção do Professor Doutor João António Baptista Pereira de Oliveira, constituída por mais de 2000 exemplares dos primeiros números de edições únicas de jornais, revistas, folhetos, séries, fascículos, etc.

Veja aqui as fotos do dia da inauguração.
 
No âmbito deste evento, realizou-se no dia 24 de fevereiro:

17h00m – Inauguração da Exposição
Ex. Sr. Reitor Manuel Assunção, Universidade de Aveiro

17h15m - Comunicação: «Um Olhar sobre a Coleção»
Professor João Oliveira, Universidade de Aveiro

17h30m - Comunicação: «Duas Palavras sobre a Imprensa»
Professor Nuno Rosmaninho

Imprensa Portiguesa


O COLECIONADOR
João António Baptista Pereira de Oliveira, Professor Associado da Universidade de Aveiro, licenciou-se em Engenharia Química pelo Instituto Superior Técnico em 1976 e doutorou-se em Química Analítica pela Universidade de Virgínia EUA, em 1985.
Leciona as disciplinas de Elementos de Química-Física do 1.º ano dos cursos de Ciências, Introdução à Engenharia de Processos do 1.º ano de Engenharia Química (primeira disciplina da área de Engenharia Química), Química Analítica, Quimiometria e os módulos de Temas de História das Ciências e Tecnologia e Ciência, Educação e Cultura do Doutoramento em História das Ciências e Educação Científica.

Os seus atuais interesses de investigação são Quimiometria e Sensores Químicos. 

Contrariamente à maior parte dos colecionadores, o gosto pela atividade não começou com selos ou moedas, mas sim com minerais. Foi no sétimo ano do liceu que ficou fascinado pelas diferentes formas cristalinas dos minerais dando origem à primeira coleção. Com o tempo, aprendeu as técnicas do colecionismo, ou seja, observar, classificar, catalogar (eventualmente), tratar e guardar. O segundo grande estímulo, veio das duas coleções herdadas pelo avô, sendo que uma delas é de primeiros números, inicialmente de jornais mas, que se expandiu para quaisquer publicações periódicas e também para formato digital. Atualmente, tem mais de 2000 exemplares entre primeiros números (# 0 e #1), que constituem cerca de 95 %, últimos números e edições únicas de jornais, revistas, folhetos, séries, fascículos, etc.

A exposição “Imprensa Portuguesa: uma coleção de primeiros números (do início do Séc. XVIII a meados do Séc. XX)" foi organizada pelos Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia com o apoio do Rotary Club de Albergaria e do Diário de Aveiro.



última atualização a 05-04-2017
Imprensa Portuguesa
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.