requisitos passive house



Para um edifício ser considerado Casa Passiva, é necessário cumprir os requisitos impostos pelo Passive House Institute:

  • As necessidades de energia para aquecimento (Nh) devem ser inferiores a 15 kWh/m2.a ou a carga de aquecimento inferior a 10 W/m2;
  • As necessidades de energia para arrefecimento (Nc) devem ser inferiores a 15 kWh/m2.a acrescida das necessidades de desumidificação, ou a carga de arrefecimento inferior aos 10 W/m2;
  • As necessidades de Energia Primária (Nppara equipamentos e produção de água quente sanitária não devem exceder os 120 kWh/m2.a no âmbito da classificação Classic;
  • A temperatura interior do edifício (T), para que se garanta o conforto, deverá estar compreendida entre os 20 ºC e os 25 ºC (em países quentes a temperatura máxima pode ser de 26 ºC). A temperatura máxima não deve exceder mais de 10% das horas num ano.
  • estanquidade ao ar é limitada pela taxa de renovação de ar por hora de 0,6, verificado com recurso ao Ensaio de Porta Ventiladora para uma pressão (positiva e negativa) de 50 Pa;


Certificação de Edifícios


Os edifícios construídos segundo este conceito, uma vez cumprindo os requisitos necessários, obterão a Certificação Casa Passiva. Esta certificação oficial, em função das necessidades e do uso de fontes de energia renovável do edifício, divide-se um três classes: ClassicPlus ou Premium.


Para obter a certificação de Passive House Classic mantém-se a necessidade de energia para aquecimento e/ou arrefecimento limitada aos 15 kWh/m2.a e a necessidade de Energia Primária Renovável para equipamentos e produção de água quente sanitária não deve exceder os 60 kWh/m2.a.

Para um edifício obter a certificação da classe Passive House Plus, além de garantir os requisitos básicos, não deve exceder o valor de 45 kWh/m2.a para o consumo de Energia Primária Renovável. Além desta limitação, que torna o edifício mais eficiente, este deve produzir pelo menos 60 kWh/m2.a de energia, em relação à área construída total do edifício.

Para a certificação mais exigente, a classe Passive House Premium, o edifício deve garantir o consumo de Energia Primária Renovável abaixo dos 30 kWh/m2.a e deve produzir pelo menos 120 kWh/m2.a.

última atualização a 05-02-2019
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.