45 anos da UA
 

Projeto Mitografias: Temas e Variações

Na matriz da cultura ocidental, destacam-se os Poemas Homéricos e a Bíblia. Ao longo dos séculos, essas e outras obras têm gerado um manancial de mitos, símbolos, temas e formas de pensamento acerca da condição humana e da identidade nacional.

Na sequência de eventos e publicações científicas já realizados, o projeto Mitografias desenvolve e consolida a investigação neste amplo domínio do saber.

Em cada um dos cinco anos de duração do projeto, realizar-se-á investigação e sua respetiva disseminação em, pelo menos, um Congresso Internacional e uma publicação coletiva.

Os temas propostos são os seguintes:

  • 2018: Arca de Noé: catástrofe e redenção
  • 2019: Olhares de Narciso: egotismo e alienação
  • 2020: Torre de Babel: alteridade e estereótipos
  • 2021: A fúria de Aquiles: as faces da guerra
  • 2022: Sodoma e Gomorra: as leis do desejo

Pretende-se ainda realizar, anualmente, Ciclos de Conferências, intitulados “Discursos e figuras míticas” (CLLC-DLC), que darão origem a volumes temáticos.

Intercâmbio científico: CELTA (Campinas); PPGL (Universidade Estadual de Mato Grosso); PPT (Pontifícia Universidade Católica do Paraná); Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos.


Investigador responsável: António Manuel Ferreira

Investigadores integrados: Ana Maria Ramalheira, António Manuel Ferreira, Carlos Morais, João de Mancelos, Maria Fernanda Brasete e Rosa Lídia Coimbra

Colaboradores: Lola Geraldes Xavier e Maria Hermínia Amado Laurel

Investigadores em formação: Rodrigo Viriato Ramos

Colaboradores externos: Agnaldo Rodrigues (Universidade do Estado de Mato Grosso, Brasil), Alberto José Mathe (Universidade Pedagógica, Moçambique), Carlos Velázquez (Universidade de Fortaleza, Brasil), Erik Van Achter (Universidade de Lovaina, Bélgica), Flavia Corradin (Universidade de São Paulo, Brasil), Giuliana Ragusa (Universidade de São Paulo, Brasil), Hans Ausloos (Universidade de Lovaina, Bélgica), Luiz Marchezan (Unesp de Araraquara, Brasil), Marcos Lopes (Universidade de Campinas, Brasil), María Teresa Amado Rodríguez (Universidade de Santiago de Compostela, Espanha), María Teresa Santa María Fernández (Universidade Internacional La Rioja, Espanha), Martim de Gouveia e Sousa (Escola Secundária Alves Martins, Viseu, Portugal), Martin Neumann (Universidade de Hamburgo, Alemanha), Martins Mapera (UniZambeze, Beira, Moçambique), Olga Castrillon-Mendes (Universidade do Estado de Mato Grosso, Brasil) e Solange Fiuza (Universidade Federal de Goiás, Brasil)

última atualização a 24-05-2019
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.