foto

 

Josélia Neves

Professora

jneves@hbku.edu.qa

Nota curricular

Josélia Neves tem uma licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas, um Mestrado em Estudos Ingleses, com uma tese em Legendagem para Surdos, pela Universidade de Surrey Roehampton (Londres) e Universidade de Aveiro.

Enquanto Professora do Ensino Superior e investigadora, tem liderado vários projetos de investigação-ação em áreas como a televisão, cinema e DVD, turismo, museus e espaços culturais, artes visuais e performativas e educação, no desejo de criar condições de acesso a pessoas com deficiência, tornando-se, assim, especialista em Legendagem, Legendagem para surdos, Audiodescrição, Transcriação áudio-táctil e Comunicação multissensorial.

Presentemente é Professora na Hamad bin Khalifa University, no Catar, no Mestrado em Tradução Audiovisual. É membro do grupo de investigação internacional TransMedia e elemento da Direção da European Association for Studies in Screen Translation.

Principais áreas de investigação

  • Tradução audiovisual
  • Acessibilidade e comunicação
  • Turismo, património cultural e museus
  • Investigação Ação
  • Formação de tradutores

Algumas publicações

Neves, J. (2018). Subtitling for Deaf and Hard of Hearing Audiences. Moving forward. In L. Perez-Gonzalez (Ed.), The Routledge Handbook of Audiovisual Translation (pp. 82-95). London and New York: Routledge/Taylor and Francis.

Neves, J. (2018). Cultures of Accessibility: Translation making cultural heritage in museums accessible to people of all abilities. In S-A. Harding & O. Carbonell (Eds), The Routledge Handbook of Translation and Culture (pp. 415-430). London and New York: Routledge /Taylor and Francis.

Garcia, A., Mineiro C., & Neves J. (2017). Guia de Boas Práticas de Acessibilidade, Comunicação Inclusiva em Monumentos, Palácios e Museus. Lisboa: Direção Geral do Património Cultural (DGPC) & Instituto do Turismo de Portugal. Disponível em http://www.patrimoniocultural.gov.pt/static/data/publicos/acessibilidade/guia_comunica cao_acessivel_inclusiva.pdf

Neves, J. (2016). Enriched Descriptive Guides: a case for collaborative meaning-making in museums. Cultus: the Journal of intercultural mediation and communication 9, pp. 137-154. Disponível em http://www.cultusjournal.com/files/Archives/Cultus9_2016_2/Neves_cultus%20_9_ Volume_2_2016.pdf

Eardley, A., Mineiro C., Neves J., Ride, P. (2016). Redefining Access: Embracing multimodality, memorability and shared experience in Museums. Curator: The Museum Journal, vol.59-3, pp. 263-286. Disponível em http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/cura.12128/epdf

Neves, J. (2012). Multi-sensory approaches to (audio)describing visual art. In R. Agost, P. Orero & E. Di Giovanni (Eds.), Multidisciplinarity in audiovisual translation [Special issue]. MonTi, 4 (pp. 277-294). Disponível em https://www.researchgate.net/publication/271099098_Multi-sensory_approaches_to_%28audio%29_describing_the_visual_arts

Neves, J. (2011). Imagens que se Ouvem. Guia de Audiodescrição. Lisboa & Leiria: Instituto Nacional de Reabilitação e Instituto Politécnico de Leiria.

Neves, J. (2010). Music to my eyes… Conveying music in Subtitling for the Deaf and the hard of hearing. In Ł. Bogucki & K. Kredens (Eds), Perspectives in Audiovisual Translation. Lódz Studies in Language. Vol. 20. (pp 123-145). Frankfort am Main: Peter Lang GmbH.

Neves, J. (2007). Vozes que se Vêem. Guia de Legendagem para Surdos. Aveiro & Leiria: Instituto Politécnico de Leiria & Universidade de Aveiro. Disponível em http://hdl.handle.net/10400.8/411

Cravo, A. & Neves J. (2007). Using Action Research in Translation Studies. Journal of Translation Studies. Disponível em http://www.jostrans.org/issue07/art_cravo.php

última atualização a 24-07-2018
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.