foto

 

Carina Miguel Figueiredo da Cruz Rosa Rodrigues

Educadora de Infância / Investigadora

carinamiguel@ua.pt

Nota curricular

Carina Rodrigues é Licenciada em Educação de Infância, pela ESE de Coimbra (2004), e Mestre em Ciências da Educação, pela Universidade de Aveiro (2008). Doutorou-se em Literatura, em 2013, pela Universidade de Aveiro. É membro integrado do CIEC da Universidade do Minho e membro colaborador do CLLC da Universidade de Aveiro, bem como, na Galiza, dos Grupos de Investigação LITER21 e ELOS (Asociación Galego Portuguesa de Investigadores en Literatura Infantil e X/Juvenil). Apresentou várias comunicações em colóquios e congressos nacionais e internacionais, e publicou recensões e artigos diversos no âmbito da Literatura Infantojuvenil.

Principais áreas de investigação

  • Literatura Infantil
  • Álbum
  • Ilustração
  • Teoria Literária
  • Educação Literária

Algumas publicações

Rodrigues, C. (2018). Entre imagens, símbolos e mitos: da tradição cultural ocidental no álbum de Manuela Bacelar. Polifonia, v. 25, n. 40.1, 42-78. ISSN: 22376844.

Rodrigues, C. (2018). O mundo de pernas para o ar ou da carnavalização no álbum de Manuela Bacelar. Elos. Revista de Literatura Infantil e Xuvenil, 6, 47-54. DOI: http://dx.doi.org/10.15304/elos.5.4120. ISSN: 2386-7620.

Ramos, A. M. & Rodrigues, C. (2018). Quando as imagens substituem as palavras: a coleção «Imagens que contam», da Pato Lógico. Perspectiva, vol. 36, n. 1, 35-56. DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-795X.2018v36n1p35. ISSN: 0102-5473.

Rodrigues, C. (2017). Do álbum-livro ao álbum-brinquedo: Tobias às fatias e outros livros fatiados. In A. M. Ramos (Org.), Aproximações ao livro-objeto: das potencialidades criativas às propostas de leitura (pp. 71-83). Porto: Tropelias & Companhia. ISBN: 978-989-8582-54-6.

Rodrigues, C. (2017). Para uma poética do álbum ilustrado: Teoria e crítica em torno de um metagénero. Elos. Revista de Literatura Infantil e Xuvenil, 5, 133-158. DOI: http://dx.doi.org/10.15304/elos.4.4218. ISSN: 2386-7620.

Rodrigues, C. (2016). Guerra e memórias (ursinas) em Tomi Ungerer, ou a autobiografia de um teddy bear. In B. A. Roig Rechou, I. Soto López & M. Neira Rodríguez (Coords.), Guerras e conflitos sociais de onte e de hoxe (Literatura e Arte) (pp. 373-378). Vigo: Edicións Xerais de Galicia. ISBN: 978-84-9121-123-5.

Rodrigues, C. (2015). O peritexto na obra de Manuela Bacelar. Elos. Revista de Literatura Infantil e Xuvenil, 2, 131-153. DOI: http://dx.doi.org/10.15304/elos.2.2588. ISSN: 2386-7620.

Rodrigues, C. (2015). O Veado Florido, de António Torrado: uma alegoria da liberdade. In B. A. Roig Rechou, I. Soto López & M. Neira Rodríguez (Coords.), Retorno aos Clásicos. Obras Imprescindíbeis da narrativa infantil e xuvenil (pp. 387-392). Vigo: Edicións Xerais de Galicia. ISBN: 978-84-9914-946-2.

Díaz Armas, J. & Rodrigues, C. (2013). Libros ficticios y universales: la intertextualidad como diálogo. Anuario de Investigación en Literatura Infantil y Juvenil, 11, 61-70. ISSN: 1578-6072.

última atualização a 21-03-2019
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.