45 anos da UA
 

 

Marion Pellier

Doutoranda em História das Ciências e Educação Científica

Iniciou em 2018-2019

marion.pellier@ua.pt


Título da tese

"‘E Galeno atravessou o Atlântico’. O sincretismo das práticas e dos saberes médicos luso-brasileiros (1500-1650)"

Orientadores

Pascal Brioist (CESR, Tours, França) e António Manuel Lopes Andrade (UA)

Nota curricular

Marion Pellier concluiu o mestrado em 2015, no Centre d’Études Supérieures de la Renaissance de Tours, com dois relatórios sobre a obra de Amato Lusitano: « Pratiques de santé dans les Centuries de João Rodrigues de Castelo Branco dit Amatus Lusitanus, 1511-1568 » et « Pharmacopées ancienne et nouvelle dans les Centuries de João Rodrigues de Castelo Branco dit Amatus Lusitanus, 1511-1568 ». O seu projeto de investigação estuda a impregnação mútua das teorias e práticas médicas portuguesas e brasileiras nos séculos XVI e XVII. Graças a uma análise de fontes principalmente portuguesas e jesuíticas, o objetivo é realçar o papel desempenhado pelos Portugueses na elaboração de um conhecimento médico e medicinal híbrido entre as duas culturas.

Principais áreas de investigação

  • História da Medicina
  • Renascimento
  • Brasil colonial
  • Teoria e práticas médicas
última atualização a 23-04-2019
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.