objetivos

Porquê o Mestrado em Economia no DEGEI? Dual Degree Universidade de Aveiro/  Vytautas Magnus University (Lituânia)

Economia - RAMO FINANÇAS

Economia- RAMO ECONOMIA DA EMPRESA

A organização curricular do 2º ciclo de Economia tem evoluído, e associa, hoje, a fundamentação científica à prática e aos métodos quantitativos, abrindo diversas possibilidades de aplicação com interesse no mercado. O desenvolvimento de competências técnicas profissionais específicas, de trabalho autónomo, capacidade para aplicar conhecimentos e lidar com problemas complexos em situações de informação limitada e para desenvolver soluções inovadoras em contextos alargados e multidisciplinares, o desenvolvimento de competências quantitativas e sua aplicação com recurso ao software existente no mercado são aspetos que destacamos.

Salientamos a empregabilidade, refletida no percurso dos nossos ex-alunos do mestrado.

No Mestrado em Economia do DEGEI, poderão seguir uma especialização ao nível do ensino superior universitário seguindo as melhores práticas internacionais, nos Ramos de:

-Finanças OU 

-Economia da Empresa

Os nossos alunos podem também completar o Mestrado num contexto de estágio, beneficiando da vasta rede de empresas recetoras de estagiários em economia, assim como da experiência na orientação de alunos de Pós-graduação em Economia, visível na quantidade, e qualidade, das dissertações/ projetos/ estágios já concluídos.

Têm a possibilidade de desenvolver o Mestrado num ambiente de elevado dinamismo e iniciativa, que se reflete, por exemplo, na rede de estágios, nos seminários, formações e outras ações de cariz aplicado, atividades estas dirigidas aos alunos de mestrado.

Em termos de corpo docente, destaca-se a sua formação sólida e internacional, com significativo envolvimento em projetos e com indicadores de desempenho científico de destaque. Um corpo docente dinâmico, próximo e disponível para apoiar a formação dos alunos são também aspetos diferenciadores.

Em termos práticos, os alunos poderão ter acesso a competências analíticas inovadoras, a bases de dados que poderão ser usadas em contexto de mestrado e ainda fortalecer a experiência internacional através do Programa Erasmus, Campus Europae e Programas conducentes ao Duplo Grau, este último mais uma novidade e oportunidade que oferecemos.

Os nossos alunos podem AINDA ter acesso ao DUAL DEGREE com frequência de 1 ano na Universidade de Aveiro e outro ano na Faculty of Economics and Management - Vytautas Magnus University (Lituânia), com possibilidade de bolsas ERASMUS+

 

saídas profissionais

A forte preparação em Economia, ao nível do ensino superior universitário e em Universidades reconhecidas a nível nacional e internacional, como é o caso da oferta do DEGEI da Universidade de Aveiro, abre excelentes oportunidades de carreira em muitas áreas, não só na economia em sentido restrito, mas também em finanças e gestão, e em diversos setores de atividade económica, incluindo setor bancário, instituições governamentais e internacionais, consultoria em economia e economia financeira.

Prémios e Bolsas

Diversas entidades, nacionais e internacionais, que atribuem Prémios e Bolsas no âmbito de mestrado. Referimos algumas destas: 

Prémio primusinterpares   - Prémio Fernão Mendes Pinto

Prémio André Jordan

Prémio Pordata inovação

Prémio REN

Prémio CMVM

Prémios NYSE Euronext Lisbon

Prémio Cooperação e Solicadriedade António Sérgio

Prémio APAV para a Investigação 2015

Bolsas "AMÉLIA DE MELLO": Fundação Amélia de Mello- destinam-se a estimular a realização de trabalhos científicos sobre Economia ou Finanças dentro da economia de mercado, ou a aperfeiçoar a preparação de docentes e investigadores nos mesmos domínios.

testemunho

“The employment rate for economists is projected to grow at the rate of the current average, with the largest area of growth being private industry, especially in the areas of consulting and economic research. A master’s degree or Doctor of Philosophy degree is recommended for prospective economists to be competitive.” http://www.careeroverview.com/economist-careers.html

observações
R/A-Ef 1468/2011/AL01, 19/02/2016 Despacho N.º 25 545-D/2007 Diário da República, 2.ª série - N.º 215 - 8 de Novembro de 2007
a informação disponibilizada nesta página não dispensa consulta à página de acesso ao ensino superior
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.