45 anos da UA
 

Publication ethics and malpractice statement

A Revista Turismo & Desenvolvimento (RT&D), publicada bianualmente pela Universidade de Aveiro (janeiro-junho/julho-dezembro) pela Universidade de Aveiro, possui um corpo de governança composto por dois Editores-chefes, Editores Associados, Editores Regionais e uma Coordenadora Editorial. É uma revista científica online, em acesso aberto, que segue um processo de revisão duplamente cego (double blind peer review). As edições variam entre edições com temas específicos ou edições com diversos temas dentro do âmbito da RT&D. Os manuscritos podem ser submetidos em inglês, português ou castelhano. A RT&D não cobra quaisquer taxas pela submissão e/ou publicação dos manuscritos. A revista é ainda a única editora dos procedimentos da Conferência Internacional INVTUR.


Um dos principais objetivos da RT&D é criar um espaço isento, de análise e de debate, assente em rigor técnico-científico, sobre as questões do turismo português e do seu posicionamento em termos internacionais. Assim, os artigos submetidos à RT&D são analisados pelo seu valor intelectual e pelo seu potencial de originalidade na área do turismo. São perentoriamente excluídas de qualquer análise as questões de raça, género, orientação sexual, crença religiosa, origem étnica, nacionalidade e inclinação política dos autores.


A RT&D tem o dever de arquivar todo o material que é anulado pelos autores, ou rejeitado pelos revisores, não efetuando qualquer tipo de utilização para efeitos próprios ou para favorecimento de terceiros.


Numa perspetiva de transparência e objetividade nos procedimentos adotados, a equipa editorial da RT&D encontra-se disponível para publicar correções e esclarecimentos, bem como para desculpar-se publicamente, sempre que se considere necessário.


Em nome da ética em ciência, do respeito pela investigação desenvolvida pelos diversos autores e da responsabilidade de que se revestem a RT&D e, por conseguinte, a Universidade de Aveiro, sendo a Proprietária e a Editora, não são permitidos plágios e informações fraudulentas nos artigos submetidos à apreciação científica e possível publicação na RT&D. Uma vez verificada a existência de plágio, os autores são diretamente responsáveis e não a RT&D. A revista revê-la no direito de tomar todas as medidas necessárias contra as más práticas



Processo Editorial


Processo de avaliação e seleção de manuscritos



Os critérios gerais para a aceitação de um artigo são:

        ·    Contributo para o conhecimento científico na área do turismo;

        ·    Revisão de Literatura adequada;

        ·    Metodologia sólida e cientificamente correta;

        ·    Escrita clara e lógica.

A recomendação geral sobre o manuscrito submetido pode ser:

       ·    Publicável na forma apresentada:

       ·    Publicável com pequenas modificações:

       ·    Publicável na condição de ser significativamente refeito:

       ·    Rejeitado.



Normalmente, existem duas rondas de revisão, no entanto, quando necessário, poderão existir mais.


A objetividade da avaliação dos manuscritos é garantida com base nos seguintes critérios:

      ·    Estrutura científica adequada a um trabalho científico;

      ·    Linguagem clara e qualidade ortográfica e gramatical;

      ·    Atualidade e relevância do tema;

      ·    Objetivos claros e bem definidos;

      ·    Referências que refletem o estado da arte na área de conhecimento;

      ·    Desenvolvimento teórico consistente e bem estruturado;

      ·   Procedimentos metodológicos claros, consistentes e adequados aos objetivos do trabalho;

     ·    Análise de resultados clara e consistente com o desenvolvimento teórico e metodológico;

      ·    Considerações finais coerentes com os resultados e objetivos estabelecidos;

      ·    Contribuição científica para a área do turismo.



Após o processo de revisão, os autores aceitam ou comentam as recomendações dos revisores, anexando um documento ao manuscrito. Modificações na estrutura ou formato do manuscrito são aplicadas pela equipa editorial da revista, se necessário.


Arquivamento


A RT&D utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.

 

Direitos de autor

A RT&D é distribuída sob os termos e condições da Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).


 

1- Diretrizes e práticas éticas


Responsabilidades dos Editores

 

O Conselho Editorial da RT&D tem como principais responsabilidades:

        ·     Esforçar-se por assegurar a satisfação das necessidades dos leitores e autores, melhorando constantemente revista e garantir a qualidade do material que publicam;

        ·     A responsabilidade e a autoridade para i) rejeitar a submissão de um manuscrito, caso este não reúna as características mínimas de um artigo científico e as orientações constantes nas normas de publicação da RT&D; ii) rejeitar ou aceitar um artigo, após a passagem deste pelas duas fases de revisão, sendo sua a última decisão pela publicação ou não. A decisão final sobre a publicação é tomada pelos Editores-chefes;

        ·     De evitar o conflito de interesses com relação a artigos que possam resultar de ligações de natureza competitiva, colaborativa ou de proximidade com os autores ou as instituições constantes nos manuscritos;

        ·     Assegurar a permanente confidencialidade da autoria dos trabalhos, bem como o anonimato dos peritos que avaliam os manuscritos;

        ·     A seleção e a ordem dos artigos a serem publicados, a definição da imagem e desenho geral da edição, a atribuição da redação do Editorial, a indicação dos trâmites editoriais de natureza administrativa e a introdução de espaços publicitários.

A equipa editorial da RT&D tem ainda a responsabilidade de: i) responder a todas as solicitações e/ou dúvidas de autores e revisores, desde que oportunamente relacionadas com o processo de tramitação dos artigos científicos ou com a conduta ética definida no presente documento; ii) disponibilizar aos revisores os instrumentos necessários para a realização da revisão científica, nomeadamente, os ficheiros dos artigos e de dados complementares (quadros, figuras, anexos, etc.), bem como as grelhas de avaliação (em português e em inglês); iii) disponibilizar em acesso livre as normas de publicação da RT&D e o modelo de Declaração de Submissão, ambos em português e inglês; iv) definir e empreender a melhor promoção, divulgação e comercialização dos artigos e, portanto, das edições publicadas; e v) enviar, gratuitamente, ao autor, ou autor para correspondência (no caso de serem dois ou mais), um exemplar do número da RT&D em que for publicado o respetivo trabalho científico.

 

Mais informações sobre as responsabilidades do conselho editorial podem ser encontradas aqui.

 

Responsabilidades dos revisores

As principais responsabilidades dos revisores são:

        ·    Aconselhar o Conselho Editorial sobre a aceitação na revisão dos manuscritos.

        ·    Realizar uma revisão objetiva e construtiva dentro do período especificado.

        ·    Tratar os manuscritos com absoluta confidencialidade e não divulgar ou compartilhar qualquer informação sobre o processo de revisão.

        ·    Fornecer esclarecimentos adicionais, como e quando solicitado pelos autores ou pelo Conselho Editorial, desde que o pedido seja conveniente e justificado.

        ·    Resolver e corrigir eventuais deficiências ou irregularidades e apresentar uma explicação adequada aos autores e ao editor.

        ·    Informar os editores em caso de plágio ou outros problemas éticos.

        ·    Recusar a revisão de manuscritos caso exista conflito de interesses, conforme declarado na política editorial.

Mais informações sobre as responsabilidades dos revisores podem ser encontradas aqui.

 

Responsabilidades dos autores

As principais responsabilidades dos autores são as seguintes:

        ·    Garantir que o trabalho descrito não tenha sido publicado anteriormente (exceto como resumo, comunicação em conferência ou tese académica) e que não se encontra em consideração para publicação em nenhum outro journal.

        ·    Todos os autores, assim como as autoridades/instituições responsáveis onde o trabalho foi realizado, devem autorizar a submissão.

        ·    Assegurar a veracidade e autenticidade dos dados manipulados e divulgados, em nome da criação de conhecimento na área do turismo, de uma forma coerente e respeitosa.

        ·    Divulgar qualquer conflito de interesses, real ou potencial, incluindo qualquer relação (financeira, pessoal ou outra) com outras pessoas ou organizações, que poderia inadequadamente influenciar o seu trabalho.

        ·    Estar disponíveis para efetuar correções a possíveis erros, bem como fornecer esclarecimentos adicionais a dúvidas que possam persistir.

        ·    Preencher, datar e assinar a Declaração de Submissão, disponível em acesso livre no website da RT&D, através da qual todos os autores abdicam dos respetivos direitos a favor da RT&D. A partir do momento da submissão, a RT&D é detentora dos direitos de publicação, pelo que, se o artigo for aceite, não poderá ser publicado em qualquer outro meio, impresso ou eletrónico, ou em qualquer outra língua, sem o consentimento escrito da RT&D.

Os direitos dos autores incluem os seguintes:

        ·    Divulgar o seu artigo num âmbito pessoal, no âmbito institucional e para fins de investigação e docência.

        ·    Reter patentes, marcas registadas e outros direitos de propriedade intelectual (incluindo dados de pesquisa em bruto).

        ·     Atribuição devida da autoria do trabalho.

        ·     Desistir da publicação do artigo, até ao início da segunda fase do processo de revisão anónima.

Mais informações sobre as responsabilidades e os direitos dos autores podem ser encontradas aqui.

 

Responsabilidades da Editora

Em casos de alegada ou comprovada má conduta científica, publicação fraudulenta ou plágio, a Editora, em estreita colaboração com os editores, tomará todas as medidas apropriadas para esclarecer a situação e alterar o artigo em questão. Isto inclui a publicação imediata de uma errata, esclarecimento ou, no caso mais grave, a retratação do trabalho afetado. A editora, juntamente com os editores, deve tomar medidas razoáveis para identificar e impedir a publicação de artigos em que se verifique má conduta de pesquisa, e sob nenhuma circunstância, encorajar tal má conduta.

 

2-  Procedimentos para lidar com comportamentos antiético

 

Em caso de reclamação ou deteção de plágio, dupla submissão, dados falsos ou discordância dos autores na publicação, o Conselho Editorial da RT&D procederá da seguinte forma:

1.   Avaliar o tipo de alegação/suspeita, dependendo das circunstâncias e características.

2.   Contatar o autor sobre quem recai a queixa/suspeita.

3.  Investigar a veracidade e extensão da violação ética, analisando com cuidado e objetivamente, de acordo com os princípios éticos deste documento.

4.   Aplicar um dos procedimentos fornecidos neste documento.

 

Má conduta e comportamento antiético podem ser identificados e trazidos à atenção do editor e editora a qualquer momento, por qualquer pessoa. Quem informa o editor ou editora deve fornecer informações e evidências suficientes para a investigação ser iniciada. Todas as alegações devem ser levadas a sério e tratadas da mesma forma, até que uma decisão ou conclusão bem-sucedida seja alcançada.

Para tomar a decisão final, o Editor-Chefe deve consultar a editora, se apropriado. Devem ser recolhidas evidências, evitando a disseminação de quaisquer alegações para além daqueles que precisam saber.

 

Pequenas violações

Uma pequena violação da conduta deve ser tratada sem a necessidade de consultar outros intervenientes. Em qualquer caso, o autor deve ter a oportunidade de responder a qualquer alegação.

 

Violações graves

Uma violação séria da conduta pode exigir uma notificação aos empregadores do acusado. O editor, em consulta com a editora, deve tomar a decisão de envolver ou não os empregadores, seja examinando os dados disponíveis ou consultando um número limitado de especialistas.

 

Em caso de se verificar a existência de plágio, ou autoplágio, os editores reservam-se o direito de optar por um dos seguintes procedimentos, ou aplicá-los cumulativamente:

      ·    Retirar formalmente o artigo.

      ·    Publicar uma nota de esclarecimento sobre o artigo retirado.

      ·    Prestar esclarecimentos sobre o caso no website ou na próxima edição

      ·    Publicar o link para a fonte original. O link do artigo retirado passa a conter a nota de esclarecimento. O artigo poderá ficar disponível, no caso de se considerar que vai permitir ao leitor uma melhor compreensão do sucedido.

      ·    Publicar um editorial a discutir o caso.

      ·    Decidir sobre a aceitação futura de trabalhos do autor.

 

Desistir da publicação de um artigo

Os autores podem desistir da publicação de um artigo e solicitar à equipa editorial para o retirar, desde que este ainda não tenha iniciado a segunda fase do processo de revisão anónima. Esta comunicação deve ser feita por escrito, via email, e acompanhada de uma justificação.

No que concerne a artigos que foram aceites para publicação, mas que ainda não tenham sido formalmente publicadas e ainda não estão editados com as informações completas, como o volume e as páginas, apenas a equipa editorial pode tomar a decisão de os retirar do processo de publicação. Esta decisão pode ocorrer por questões relacionadas com falhas éticas.


Mais informações sobre publicação e autoria podem ser encontradas aqui.


última atualização a 03-06-2019


  

           

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.