PrintCer3D - Fabrico rápido de produtos em porcelana por impressão tridimensional


descrição do projeto

O projeto PrintCer3D tem por objetivo global o desenvolvimento de uma tecnologia de fabrico rápido de produtos de louça utilitária em porcelana, através de impressão tridimensional de pasta de porcelana própria, e a criação de condições para um start-up de produção e comercialização de pós e respetivos ligantes para impressão 3D de porcelana.

Esta tecnologia visa permitir a produção de peças de porcelana, de pequenas séries de produção, com muito menor lead-time e maior possibilidade ao nível da complexidade geométrica e funcionalidade. O denominador comum chave desta tecnologia é tornar possível a obtenção de produtos cujas características são superiores ou idênticas aos produtos hoje produzidos de forma convencional.

A tecnologia de impressão 3D é atualmente aceite pelo mercado como a via para a prototipagem rápida. No entanto à medida que a tecnologia evolui da produção de protótipos para a criação de produtos a impressão 3D deverá ser também considerada como uma ferramenta de fabrico. Esta evolução é já realidade na área da produção de plásticos, mas não na área dos materiais cerâmicos. Pretende-se assim com este projeto demonstrar a viabilidade industrial da impressão 3D em material cerâmico.

Com o desenvolvimento deste processo, estará disponível uma nova metodologia de produção/novo processo produtivo que permitirá a impressão/produção de pequenas séries ou de produtos de elevada complexidade (novos produtos), que se traduzam em maior valor acrescentado para a produção. Este processo contribuirá para reduzir significativamente o tempo do ciclo de desenvolvimento e produção do produto.

Trata-se de, partindo de tecnologia de impressão 3D - atualmente utilizada na modelização de protótipos de louça de mesa essencialmente para permitir uma interação com o cliente na fase de conceção – evoluir para um processo produtivo vocacionado para pequenas séries ou séries personalizadas, procurando ir ao encontro das características atuais do processo.

De forma a integrar esta metodologia no processo produtivo atualmente existente, é necessário proceder a um estudo sistemático de adaptação do atual pó de porcelana para a utilização das mesmas fases do processo após a impressão (conformação) da peça, nomeadamente no que se refere às etapas de secagem, eventualmente, extração do ligante da impressão, chacotagem, vidragem e cozedura.


parceiros
Porcelanas da Costa Verde
Universidade de Aveiro - CICECO - ESAN
CTCV – Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro


equipa envolvida
Martinho Oliveira
Liliana Pires
Ana Amorim
Carla Florbela


data de início/término
2013 / 2015



data de início/término
2013 / 2015


cofinanciado por:

última atualização a 15-04-2016
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.