Qualidade do ar nos Aeroportos do Continente e Açores

Desde 2003, o IDAD tem efetuado as campanhas de monitorização da qualidade do ar nos Aeroportos do Continente (Lisboa, Francisco Sá Carneiro e Faro) e, desde 2007, nos Aeroportos de João Paulo II e da Horta, nos Açores. A monitorização em contínuo da qualidade do ar engloba a medição dos níveis atmosféricos de poluentes (PM 10 , CO, NO 2 , NO X , SO 2 , O 3 , BTEX)  e de parâmetros meteorológicos com o laboratório móvel do IDAD (LabQAr).

As campanhas de medição nos Aeroportos do Continente são realizadas semestralmente (inverno e verão), tendo incluído, entre 2003 e 2006, a monitorização em dois locais localizados junto ao perímetro de cada um dos aeroportos.  A partir de 2007, para além dos dois locais considerados em cada aeroporto, a monitorização no aeroporto de Lisboa passou a incluir mais dois locais.  As medições efetuadas nos locais de monitorização nos aeroportos de Francisco Sá Carneiro e de Lisboa estão no âmbito do Projeto de Ampliação do Aeroporto Francisco Sá Carneiro e do Plano de Desenvolvimento do Aeroporto de Lisboa .

A monitorização da qualidade do ar nos aeroportos dos Açores realizou-se em dois locais do aeroporto da Horta em 2009 (campanha de inverno e verão) e em dois locais do aeroporto João Paulo II (Ponta Delgada) entre 2007 e 2008.  Desde 2010, têm-se realizado as campanhas de monitorização da qualidade do ar respeitantes às fases de construção e de exploração do  Projeto de Ampliação da Plataforma W e Construção dos Novos Caminhos de Circulação D e E do Aeroporto João Paulo II , em vários locais situados fora do perímetro do aeroporto. 


 

Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.