Sou considerado estudante internacional?

Para identificar as vias de acesso disponíveis para candidatos não portugueses que pretendam estudar na UA, é preciso compreender que tipo e duração dos estudos procurados e qual o país de origem.


Frequência de cursos de 1º, 2º ou 3º ciclos

Nacionais de estados membros da União Europeia


Os nacionais de estado pertencentes à União Europeia podem candidatar-se à frequência da Universidade de Aveiro, tal como se tratasse de um estudante português.

A candidatura a licenciaturas e mestrados integrados (1º ciclo) é feita através do Concurso Nacional de Acesso, organizado pela Direção Geral de Ensino Superior português, tendo os candidatos internacionais que reunir as mesmas condições de acesso que um candidato nacional.

A candidatura a cursos de mestrado e a programas doutorais (2º e 3º ciclos) na UA é feita junto da Universidade de Aveiro.


Nacionais de países fora da União Europeia


Os nacionais de estados não pertencentes à União Europeia podem frequentar a Universidade de Aveiro, sendo considerados estudantes internacionais. As vias de acesso para estudantes internacionais são diferentes, em função do ciclo de estudos a que se queiram candidatar. 

Para a candidatura a uma licenciatura ou mestrado integrado (1º ciclo) a via de acesso é o Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais, podendo candidatar-se aqueles que:
  1. não possuem nacionalidade portuguesa;
  2. não são cidadãos nacionais de um Estado membro da União Europeia;
  3. não são familiares de portugueses ou de nacionais de um Estado membro da União Europeia;
  4. não residem legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar na Universidade de Aveiro, não contando para este efeito o tempo de residência para estudo;
  5. não sejam beneficiários, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior, de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuído ao abrigo de tratado internacional entre o Estado Português e o Estado de que são nacionais.

Os estudantes internacionais que requeiram o acesso ao ensino superior ao abrigo dos regimes especiais de acesso negociados entre o Estado Português e os seus países de origem, não podem candidatar-se ao abrigo do Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais.

Para frequência de mestrados e programas doutorais, os estudantes internacionais podem efetuar a sua candidatura junto da Universidade de Aveiro, sendo o procedimento e critérios de seleção definidos anualmente pela instituição.


Período de estudos (mobilidade)

Os estudantes internacionais cujas instituições de origem tenham um protocolo de colaboração com a Universidade de Aveiro podem candidatar-se a um período de estudos na instituição. Os estudantes de mobilidade internacional, ao abrigo de um acordo de intercâmbio, não podem candidatar-se pelo Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais.
última atualização a 21-12-2018
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.