Rui Pedro Figueiredo Marques

Professor Adjunto
gabinete: 35A.2.29
extensão: 45230
telefone externo: 234380110

atribuições

Rui Pedro Marques é Doutorado em Informática pela Universidade do Minho, Universidade de Aveiro e Universidade do Porto (2014), Mestre (pré-bolonha) em Engenharia Eletrónica e Telecomunicações, na especialidade de Redes de Comunicação e Sistemas de Informação, pela Universidade de Aveiro (2008) e Licenciado (pré-bolonha) na mesma área também pela Universidade de Aveiro (2005).

É docente no ISCA-UA desde 2007, na área científica de Informática, e leciona unidades curriculares na Licenciatura em Contabilidade (no ensino presencial e no ensino a distância), na Licenciatura em Finanças, e ainda no Mestrado em Contabilidade. Entre outras funções, já foi membro da Comissão de Curso da Licenciatura em Contabilidade (2008-2011), membro da Comissão do Ensino a Distância no ISCA-UA (2010-2014) e membro do júri nos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior da Licenciatura em Contabilidade (2009-2014).

É investigador no Centro Algoritmi, da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, e no CID – Centro de Investigação e Desenvolvimento, do ISCA-UA. Os seus interesses de investigação estão relacionados com a conceção, desenvolvimento e aplicação de Sistemas de Informação em contexto organizacional.

Está no processo de publicação do seu segundo livro. Além disso, tem alguns trabalhos publicados em livros e revistas científicas de âmbito internacional, e várias comunicações apresentadas em conferências nacionais e internacionais. Tem sido convidado a integrar conselhos editoriais de livros e comissões científicas de várias conferências e revistas cientificas internacionais.

Nota: os utilizadores autenticados do portal podem ter acesso a informação adicional.
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.