atividades extra conferência

Programa pós 6 FIPA
25 de maio de 2019

9h30m-10h30m
Visita - Museu Da Comunidade Concelhia Da Batalha
O Museu da Comunidade Concelhia (M.C.C.B.), eleito o Melhor Português em 2012 pela APOM - Associação Portuguesa de Museologia e distinguido com o consagrado prémio Kenneth Hudson (2013), na Bélgica, é um projeto inserido na linha da Nova Museologia e da Sociomuseologia que valoriza a identidade e a história do Concelho da Batalha e dos seus munícipes.
Este projeto museológico assenta numa estrutura multipolar, com o núcleo-sede na Vila da Batalha e assume-se como um centro de cultura vivo, reunindo as funções de investigação, conservação e valorização de um património cultural, representando o modo de vida das gentes locais. O MCCB retrata a vida deste território, desde as suas origens geológicas, paleontológicas e arqueológicas, percorrendo os principais acontecimentos históricos e artísticos até à atualidade. Dinâmico e interativo, dispõe de um espaço para exposições temporárias, realizadas em estreita ligação à comunidade local. Um projeto que assenta também a sua preocupação ao nível da inclusão, disponibilizando um conjunto de ajudas técnicas e soluções capazes de facilitar a apreensão dos conteúdos por todos os cidadãos.

+info: www.museubatalha.com
Ponto de encontro: Mosteiro da Batalha


10h30m-12h30m
Visita guiada ao antigo sistema de abastecimento de água do Mosteiro da Batalha
Esta visita pretende mostrar o importante contributo dos mosteiros para o conhecimento hidrotécnico medieval. A este propósito, aconselha-se a leitura do estudo do Prof. Virgolino Jorge, acerca do sistema hidráulico conventual Batalhino.
+infor: https://uevora.academia.edu/VirgolinoJorge
Ponto de encontro: Mosteiro da Batalha

12h30-13h45m – almoço livre

14h-15h30m
Grutas da Moeda e Centro de Interpretação Científico e Ambiental das Grutas da Moeda
As Grutas da Moeda situam-se na Freguesia de São Mamede, no Concelho da Batalha, a apenas a 2 km de Fátima. A sua descoberta aconteceu em 1971, por dois caçadores que perseguiam uma raposa que se terá refugiado num algar existente no meio do bosque. Durante vários meses o local foi sendo explorado pelos dois homens, permitindo a descoberta de várias galerias que se viriam a revelar de interesse científico e turístico e que hoje fazem parte da área visitável da gruta.
A cada uma das salas e galerias foram atribuídas denominações, sugerindo diferentes imagens: Lago da Felicidade, Sala do Presépio, Pastor, Cascata, Cúpula Vermelha, Marítima, Capela Imperfeita, Abóbada Vermelha e Fonte das Lágrimas. A extensão visitável da Gruta é de 350 metros e a sua profundidade é de 45 m abaixo da cota de entrada. A temperatura ronda os 18.º C, mantendo-se constante todo o ano.
As Grutas da Moeda são hoje uma das principais referências das Grutas em Portugal, com milhares de visitantes por ano, destacando-se os grupos escolares.
+info: https://www.grutasmoeda.com
Ponto de encontro: Mosteiro da Batalha (saída de autocarro)

15h30m-17h
Visita à Aldeia Pia do Urso
Localizada na Freguesia de São Mamede, a aldeia da Pia do Urso foi totalmente recuperada sendo hoje um dos locais que mais visitantes recebe na região. Este é um local repleto de história, estando ali instalado o primeiro Ecoparque sensorial do país (adaptado a invisuais), que merece uma visita.
Ao longo do percurso podem observar-se diversas formações geológicas – as chamadas “pias” – onde, de acordo com os mais antigos, os ursos bebiam água, daí a origem do nome deste local: Pia do Urso.
Situado numa encruzilhada de vias romanas das quais se salienta a que ligava a Olissipo (Lisboa) e Collipo (Batalha/Leiria), por aqui passaram em 1385 os exércitos comandados por D. Nuno Álvares Pereira, provenientes de Ourém a caminho de Aljubarrota onde se travou a célebre Batalha Real ou de Aljubarrota, a 14 de agosto.

17h – regresso ao Mosteiro da Batalha

Hora prevista da chegada -. 17h30m

Esta Visita tem inscrição prévia obrigatória, gratuita (que inclui transporte da parte da tarde), a fazer através de manifestação de interesse para o email: 6fipa.uaveiro@gmail.com. A aceitação da inscrição, está sujeita ao número de lugares disponíveis.
última atualização a 09-05-2019
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.