45 anos da UA
 

Exposição sobre o mundo visto com lentes de aumento
VIDA AMPLIADA  | LIFE: MAGNIFIED - PHOTO SCIENCE EXHIBIT

1ª edição
De 23 de abril a 14 de maio
Átrio do Complexo Pedagógico, Científico e Tecnológico (edifício 23)

Exposição com 20 imagens científicas que mostram células de todo o corpo - cérebro, sangue, olhos, pele, fígado, músculos -, entre outras cenas da vida ampliadas até 50.000 vezes. Cada tipo de célula propõe abordagens sobre o funcionamento da vida em diferentes organismos. Muitas das imagens provêm dos chamados organismos modelo, como ratos, moscas da fruta e peixe-zebra. Essas criaturas têm muito em comum connosco, incluindo uma grande proporção dos seus genes. Estudá-los acelera o progresso científico para melhor compreender a saúde e a doença humanas. A maioria das cores nessas imagens não ocorre na natureza. Pelo contrário, elas são o resultado de corantes químicos ou manipulação gráfica que permitem aos cientistas estudar estruturas selecionadas dentro de uma célula.

+ informação no jornal UA_Online.


Vida ampliada

2ª edição
De 17 a 28 de stembro
Sala de Exposições Hélène de Beauvoir, Biblioteca da UA

Além de incluir as imagens em exposição na 1ª edição, conta com mais 20 imagens científicas que mostram células e outras microperspetivas da vida humana e animal ampliadas até 50.000 vezes. A mostra está patente na Sala Hélène de Beauvoir da Biblioteca da UA até 28 de setembro.

+ informação no jornal UA_Online.


A exposição é passível de ser requisitada para itinerância. Para este efeito, deve ser contactado o American Corner da UA.

Life: Magnified é uma mostra organizada pelos SBIDM com o apoio do American Corner Portugal.

Mais informações em: https://www.nigms.nih.gov/education/life-magnified/Pages/default.aspx


última atualização a 17-09-2018
Life
Este sítio web utiliza cookies sem recolher informação pessoal que permita a identificação dos utilizadores. Ao navegar neste sítio está a consentir a sua utilização.saber mais
Para que esta página funcione corretamente deve ativar a execução de Javascript. Se tal não for possível, algumas funcionalidades poderão estar limitadas.